21/09/2010

Número de locações comerciais cresce 16%

Fonte: Jornal da Tarde
(Foto: Divulgação)
Rentabilidade dos imóveis comerciais fica de 0,7% a 1,1% (Foto: Divulgação)

O número de novos contratos de locação comercial na cidade de São Paulo cresceu 16% entre os meses de janeiro e agosto deste ano ante o mesmo período de 2009. É o que aponta um levantamento realizado pela imobiliária Lello, que divulgou nesta sexta-feira (17) os detalhes do trabalho. O estudo aponta ainda que enquanto o aluguel residencial proporciona uma rentabilidade aos proprietários de até 0,7%, a de um imóvel comercial fica de 0,7% a 1,1%.

Na opinião da diretora da Lello Imóveis, Roseli Hernandes, a demanda por esta modalidade de contrato de aluguel tem crescido na capital paulista. E ela explica que o interesse é para vários tipos de imóveis: salas e conjuntos, lojas, casas, galpões, salões e prédios, dentre outros.

“É preciso, no entanto, certos cuidados para fazer a escolha certa”, alerta a especialista. “Alguns pontos devem ser levados em consideração pelo investidor, como por exemplo a vocação do imóvel, ou seja, para que tipos de negócio ele pode ser utilizado”, acrescenta Roseli. Segundo o levantamento da Lello, as salas comerciais mais procuradas para alugar são as com área média de 30 metros quadrados e valor de aluguel em torno de R$ 1.200.

LEIA MAIS:

Secovi discute mudanças na Lei do Inquilinato

Ações locatícias crescem 21,3% em julho

Projeto pode proibir proprietários de imóveis de vender e alugar vaga na garagem para pessoas de fora do condomínio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.