20/10/2008

O morador esculpe seu espaço

Fonte: Globo online

Obra de arte dá a sensação de que a água escorre pelas paredes do imóvel

Já imaginou poder mudar a cara da sala cada vez que recebe a visita de amigos? Pois a idéia fez a cabeça de uma cliente da galeria Mercedes Viegas, na Gávea. Ao ver a instalação da artista plástica Marta Jourdan com um retroprojetor que projeta água em movimento nas paredes, a colecionadora quis levar o objeto para casa. A artista plástica comprou a idéia e fez um novo retroprojetor, em madeira de pau-marfim, aço inox e vidro.

A obra de arte é o próprio objeto. E, com ele, é possível criar interferências na casa. É a idéia do morador como escultor de seu espaço, explica Marta, de 36 anos, que exibiu na galeria da Gávea sua primeira mostra individual.

As peças são únicas. Para confeccioná-las, a artista plástica criou um sistema de circulação interna de água, por uma mangueira. Ao chegar no vidro, a água escorre para um aquário e, através de uma válvula, recomeça todo o sistema.

A sensação é de que a água escorre pelas paredes. É uma peça móvel que pode ocupar um pequeno canto e a interferência sobre os móveis, por exemplo, é incrível, pois eles parecem ganhar volume observa Marta.

Quem quiser conhecer esse trabalho de Marta Jourdan poderá visitar a exposição coletiva “Arquivo geral”, a partir de quarta-feira, no Centro Cultural da Justiça Eleitoral, que fica na Rua Primeiro de Março, no Centro. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.