09/03/2009

Objeto de muitos reflexos

Fonte: Jornal da Tarde

Tecnologia aprimora vidros, que podem funcionar até como reguladores de clima

DivulgaçãoBom dimensionamento de vidros nos espaços permite economizar com a iluminação e controlar o calor ambiente

Mais tecnológico, o vidro não é apenas coadjuvante dos ambientes, usado como um ?quebra-vento? ou ?visualizador? de paisagem. Especificado da maneira correta, pode até ser instrumento de economia ao ampliar o uso da iluminação natural.

Divididos tradicionalmente entre vidros de segurança e de controle solar, a tendência, segundo especialistas do mercado, é ter não apenas vidros com maior controle térmico, mas também feitos de modo a reduzir reflexos ou de materiais mais resistentes, como os multi laminados.

Ha também o progresso com relação à transparência. O vidro incolor, feito de areia, contém óxido de ferro, que dá o efeito esverdeado ao material. Ao retirar esse composto químico, a indústria vidreira descobriu que é possível deixá-lo mais ?invisível?. Esse tipo de vidro é chamado de extra clear. Porém, a solução ainda é inacessível com relação a custos, o que impede seu uso em grandes áreas, segundo arquitetos. Já existem também os vidros auto limpantes, com película que dificulta a fixação de poeira.

O maior desafio à indústria do setor é o vidro colorido. A cor no material atua como filtro e altera frequências de radiação. Por isso, é importante verificar essa compensação na especificação e ter certeza da tonalidade, pois a cor aumenta o custo e nem sempre garante tonalidade desejada. Por isso, fabricantes ainda preferem cores neutras, como o preto.

Quanto aos vidros de segurança, a resistência pode ser continuamente aprimorada, pois ela é relativa. Apesar de não espalharem fragmentos com o choque, esses vidros podem trincar com certa facilidade.

O vidro temperado, por exemplo, apesar de ter resistência mecânica cinco vez maior do que o vidro comum, se desmancha em cacos após o choque, deixando o vão aberto, o que torna seu uso proibido em coberturas.

Por isso que, além das soluções mais tradicionais, há cada vez mais opções de composição. São essas composições que criam vidros blindados e antiarrombamentos, que são laminados triplos e quádruplos, chamados multi laminados.

Porém, tecnologias que proporcionam maior resistência também encontram restrições no preço. Por quanto mais processos o vidro passar, maior o custo. Entre o vidro comum e o laminado, por exemplo, é possível gastar mais que o dobro.

Uma das composições mais utilizadas são a junção do laminado, um vidro de segurança, com um vidro de controle solar, que potencializa sua eficiência. O vidro também pode proporcionar conforto acústico. Um dos mais eficientes para essa função também é o laminado.

Para sua instalação, é sempre recomendável o manuseio por um profissional habilitado. Uma má instalação pode fragilizar peças e fazer com que trinquem com mais facilidade. Fácil de limpar, ao contrário de materiais porosos, impede o abrigo de bactérias.

O vidro de boa performance não precisa de acessórios como cortina ou brises, mas há necessidades e localizações que podem precisar do uso de mais de um acessório, devido a alta incidência solar. Por isso, soluções devem variar de acordo com a necessidade.

TIPOS

ARAMADO
Lâmina com tela metálica, não deixa fragmentos transpassarem o vidro com impactos. Oferece proteção contra incêndio. Não é transparente

LAMINADO
Formado por duas ou mais lâminas de vidro, tem camada intermediária, que pode ser de filme plástico. Tem aplicações variadas: em janelas, coberturas ou guarda-corpos. É considerado o mais resistente

TEMPERADO
Fragmenta-se em pedaços pouco cortantes após eventual impacto, criando um vão. Porém, sua resistência é cinco vezes maior que a do vidro comum

CONTROLE SOLAR
Aplicado em locais com maior incidência solar, como fachadas e coberturas, refletem a radiação

CONTROLE SOLAR BAIXO EMISSIVO
Tem película de prata, que reflete comprimento de ondas de raios infravermelhos, o que proporciona conforto térmico

INSULADO
Duplo, cria câmara de ar intermediária que bloqueia a passagem do calor. Pode ser composto por lâminas de tipos diferentes , como vidros de controle solar e segurança

SERIGRAFADO
Pode exercer a função de controle solar, pois sua pintura ou serigrafia o torna opaco, o que impede a incidência da radiação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.