03/01/2018

Objetos de decoração são fundamentais para dar personalidade à sala de estar

Saiba como escolher os objetos ideais para deixar o ambiente confortável e bonito, sem fugir ao orçamento

Fonte: ZAP em Casa

A sala de estar costuma ser o lugar de convivência na casa. É um local que tem a proposta de garantir conforto aos moradores, tornar possível momentos de relaxamento, possibilitar laços de convivência com as pessoas próximas e também de receber pessoas que não são tão íntimas. É o local ideal para ler um livro ou ver um filme e também para reunir amigos. É o ambiente onde será permitido entrar um pouco no modo de ser dos donos da casa. A sala de estar precisa ter móveis, objetos e acessórios adequados para cada função que vai assumir. Portanto é importante selecionar os objetos ideais e ainda que representem a personalidade dos proprietários, casando bem com a decoração do ambiente e cabendo dentro do orçamento.

+Baixe o App de Faça Você Mesmo do ZAP em Casa

+ Siga nosso perfil no Pinterest

Levando em consideração que a casa resguarda a intimidade do ambiente externo, a sala de estar vai ser o local onde será permitido que o mundo externo adentre um pouco no modo de ser dos donos. “Como espaço de sociabilização, bastaria ter poltronas ou sofás confortáveis, mesa de centro e laterais e uma boa iluminação natural e artificial, mas os moradores sentem outras necessidades estéticas e funcionais. Por isso, começam a ocupar os espaços com objetos de decoração ou peças funcionais”, explica o arquiteto Artur Diniz. Dentro desta questão, os gostos e hábitos dos donos serão refletidos no ambiente. “Se gosta de receber amigos, pode colocar mais cadeiras e um mesa de centro. Se gosta de ver filmes, um sofá mais aconchegante, retrátil ou com chaise longue para esticar as pernas e umas luz amena”, acrescenta a arquiteta Renata Inojosa.

(Foto: Shutterstock)

O que é importante frisar é que a decoração é bastante pessoal. “Ela depende muito do estilo do proprietário, mas ela é capaz de dar ou até mesmo de mudar a cara do ambiente. Se quiser um espaço mais moderno, pode apostar em peças mais metálicas, quadros tipo pôster e montagens, além de tapetes geométricos . Se quiser uma ambiente mais clássico, peças com design mais de antigos, vasos em vidro, flores e esculturas caem bem”, afirma Renata Inojosa.

Alguns objetos podem ser considerados indispensáveis para a sala de estar, como quadros, tapetes, mesas laterais, mesas de centro, porta retratos e objetos de arte. “Dependendo do tamanho do cômodo e do estilo da decoração, a sala vai pedir espelhos, luminárias de pé ou pendentes. Artesanato ou peças de arte sempre são bem-vindos em qualquer espaço. O Brasil é rico de artistas e artesãos, então não podem ficar de fora da decoração”, sugere Artur Diniz.

(Foto: Shutterstock)

Porém, o conceito de essencial vai variar de acordo com o estilo de vida do morador, já que algumas pessoas preferem mais espaço livre e menos objetos. De toda forma, é fundamental alcançar um equilíbrio com o espaço a com as superfícies disponíveis. “Deixar espaços vazios é tão importante quanto preencher os espaços, tantos nas paredes como nas bancadas, estantes, mesinhas ou aparadores. Não precisa amontoar muitos objetos, para não prejudicar visualmente, mas não podemos deixar a sensação de que algo está faltando”, diz Artur Diniz.

Estilo

O estilo de vida vai influenciar na escolha dos objetos de decoração na sala de estar. “Para uma pessoa que adora leitura, será essencial ter poltronas, luminárias e um revisteiro, por exemplo. Para aqueles que curtem um bom filme, será essencial equipar com equipamentos de áudio e TV e um sofá ou poltronas bem confortáveis. Neste caso, alguns objetos de decoração que remetam à produção cinematográfica vão personalizar o espaço de acordo com as preferências do morador”, acrescenta o arquiteto.

(Foto: Shutterstock)

A personalidade do morador também vai influenciar no resultado final do ambiente, já que ela costuma estar refletida da decoração e nos objetos. “Uma pessoa mais discreta tende a escolher tons neutros e discretos, que não se sobressaiam sobre a mobília. Uma pessoa menos discreta vai abusar das cores e formatos. Independentemente da personalidade, o tom sobre tom agrada a maioria”, explica Artur Diniz. Além disso, é possível trabalhar um contraponto entre móveis e objetos de decoração. “Como a mobília é basicamente horizontal, podemos trazer alguns objetos de decoração mais verticais para fazer o contraponto. Mas é preciso ter cuidado para acertar no local e na proporção”, acrescenta.

Alguns objetos costumam aparecer com frequência na decoração da sala de estar. “Quadros, cortinas e espelhos dão beleza ao ambiente, enquanto os tapetes são agradáveis e ajudam a delimitar espaços. Móveis de apoio são importantes para deixar visíveis as peças que gostamos”, afirma o arquiteto. “Para enriquecer a decoração, você pode mesclar objetos na mesma superfície, como vasos, quadros, plantas e materiais diferentes, com proporções diferentes”, completa.

Conforto

Os objetos de decoração ainda servem para criar um ambiente com maior conforto. Para isso, é preciso ficar atento às texturas, cores e suas funções. “Algumas texturas e cores de cortinas promovem a sensação de aconchego, ao mesmo tempo em que protegem da claridade. Os abajures vão ajudar a criar uma iluminação pontual e discreta, quando necessária. Os tapetes vão trazer a sensação confortável ao tato. Os porta-retratos guardam nossas memórias. Como estamos cada vez mais morando em áreas urbanas, vale a pena trazer um pouco da natureza em belos vasos com plantas para a sala de estar”, aconselha Artur Diniz.

(Foto: Shutterstock)

Outras questões também pesam quando o assunto é conforto. A iluminação é uma delas. “A temperatura de cor da iluminação pode tornar o espaço mais relaxante. Uma cor morna e uma temperatura de cor das lâmpadas em torno de 2700 k e 3000 k garantem um iluminação bastante aconchegante”, explica Renata Inojosa. Já a escolha dos tecidos também é importante. “Os tecidos devem ser adequados ao clima do lugar. Para cidades com o clima mais quente, é preciso tomar cuidado com os couros e revestimentos sintéticos como facho e courino pois esquentam mais e diminuem o aconchego”, completa.

No bolso

Além de tudo, é possível montar a decoração com objetos para a sala de estar sem apertar o orçamento e deixar o ambiente bonito e aconchegante fazendo economia. “Inclusive, é uma tendência muito forte em todo o país de moldar o projeto a um orçamento pré-definido com o cliente. Pois com o assessoramento de um arquiteto, portanto um especialista na área e com conhecimento de vários fornecedores, é possível encontrar peças que tornem o ambiente harmonioso gastando dentro das possibilidades do cliente”, reforça a arquiteta Renata Inojosa.

Para Artur Diniz, a dica para economizar é começar com poucos objetos, de boa qualidade e que valorizem o ambiente. “O resultado será melhor que comprar vários de gosto duvidoso. A partir daí vá pesquisando, sem pressa, em viagens, em feirinhas ao ar livre, em lojas de departamento, em antiquários ou até pela internet”, sugere. Objetos mais caros podem ser substituídos por outros mais em conta, porém sem diminuir a qualidade da decoração. “Podemos substituir quadros com pinturas por quadros por fotografias. O tema, as cores, as dimensões, as molduras, tudo vai ter efeito decorativo. Basta saber compor na parede para obter um efeito legal”, exemplifica.

Pesquisar também faz parte do processo. “Como a variedade de lojas de decoração é imensa, o importante é pesquisar muito para escolher sempre os objetos que cabem no bolso. Se o objeto dos sonhos tem um custo elevado, será hora de protelar sua aquisição. Se a grana também estiver curta, uma boa dica é usar a criatividade e criar luminárias, objetos ou quadros a partir da reciclagem de materiais ou objetos que você tenha em casa. Talvez até você se surpreenda com os resultados”, conclui o arquiteto.

(Foto: Shutterstockk)

+ Veja um checklist para alugar um imóvel

+ Veja o checklist para quem quer comprar um imóvel

+ Checklist: 6 dicas que vão facilitar a sua vida na hora de vender um imóvel

+ Checklist: saiba o que fazer após pegar as chaves de um novo imóvel

+ Checklist: o que comprar para cada cômodo na hora de mobiliar a casa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.