25/01/2012

Obras no Cais Mauá em Porto Alegre começam em agosto

Obras no Cais Mauá em Porto Alegre começam em agosto

Fonte: Revista do ZAP

O projeto da reforma do Cais Mauá compreende trecho de aproximadamente 2,5 quilômetros, da rodoviária à Usina do Gasômetro

As obras no Cais Mauá, em Porto Alegre, devem começar em agosto, com a urbanização e revitalização dos 12 armazéns do local. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 24 de janeiro, pelo prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, e pelos empreendedores da empresa Porto Cais Mauá do Brasil.

O projeto da reforma compreende trecho de aproximadamente 2,5 quilômetros, da rodoviária à Usina do Gasômetro. Segundo informações da prefeitura de Porto Alegre, estão previstas a construção de prédios comerciais e mistos e a recuperação dos armazéns para o funcionamento de restaurantes, bares, lojas e estabelecimentos culturais. De acordo com o cronograma de atividades da revitalização do Cais, entregue a Fortunati pelos empreendedores, a obra terá um investimento de R$ 500 milhões.

O prefeito da capital gaúcha aproveitou a ocasião para destacar a importância do empreendimento para a cidade. “É um projeto estratégico, que irá mudar o cenário de Porto Alegre”, afirmou. Conforme Fortunati, os armazéns estarão concluídos em 2014, oferecendo áreas de lazer e entretenimento à população.

O diretor da Porto Cais Mauá do Brasil, Mário Freitas, afirmou, por sua vez, que, ao longo do ano, serão realizadas inúmeras ações no Cais. Em dois meses, a empresa deve apresentar à prefeitura os estudos de impacto de tráfego e, em três meses, as avaliações de impacto ambiental, para avaliação e aprovação do município. Simultaneamente, a empresa deverá desenvolver os projetos básicos de urbanização e construção dos edifícios.

A prefeitura afirma que, após o carnaval, um escritório da Porto Cais Mauá do Brasil deve ser instalado no Cais. A intenção é que a população possa acompanhar todas as etapas do projeto por meio de maquetes e visitas guiadas. A empresa responsável pelo empreendimento estima que sejam gerados mais de 9 mil empregos diretos e indiretos na operação.

Os critérios para revitalização dos armazéns do Cais respeitarão os aspectos históricos da construção, patrimônio tombado pelo município, Estado e União, de acordo com o coordenador do Gabinete de Assuntos Especiais (GAE), Edemar Tutikian.


Leia mais:
>> Revitalização dá novos ares à tradicional Galeria Chaves, no centro de Porto Alegre
>> Porto Alegre é museu arquitetônico
>> Veja ofertas de imóveis no centro de POA
>> Anuncie seu imóvel no Pense Imóveis


Tags: Urbanismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.