09/08/2016

Organize o espaço na casa para seu bicho de estimação exótico

Escolher entre gaiola ou cercadinho e o espaço que o animal vai ocupar vai garantir o bem-estar dele

Fonte: ZAP em Casa

Cachorros e gatos podem ainda ser os bichos de estimação preferidos nos lares do brasileiros. Porém, outros animais vêm conquistando o coração de quem deseja ter um pet em casa. Pela fofura, pelo tamanho, pela praticidade nos cuidados, seja por qual motivo for, bichinhos mais diferentes também estão ganhando espaço nas casas brasileiras. Porém, assim como os cães e gatos, eles vão precisar do seu cantinho na casa.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: clique aqui e conte o que você quer ver por aqui

Portanto, como criar animais exóticos sem prejudicar a decoração?
De acordo com pesquisa realizada pelo IBGE, o Brasil tem, atualmente, 52,2 milhões de cães e 22,1 milhões de gatos. Dos 65 milhões de domicílios do país, 44,3% têm ao menos um cachorro e 17,7%, um gato. Porém, outros bichos estão se tornando cada vez mais comuns. “Animais de estimação como hamsters, chinchilas e coelhos têm caído no gosto de moradores de apartamentos. E é possível criar esses bichinhos sem deixar a decoração da casa um desastre”, garante a arquiteta Ira Oliveira.

Casinha para coelho de estimação
O coelho precisa de um espaço generoso e ele sente necessidade de ir para grama (Foto: Shutterstock)

Por mais que o animal seja bastante querido pelo morador, é possível conciliar o carinho pelo bichinho de estimação, garantindo todo conforto necessário para ele, sem prejudicar a decoração da casa. E claro que existem alguns espaços mais apropriados para acomodar o animal. A questão é que os bichos, independente do tamanho deles, precisam de espaço. Dependendo da espécie escolhida, o animal vai precisar de uma área maior para brincar e praticar exercícios.

Além disso, é importante que eles sejam acomodados em locais de fácil manutenção. “A ideia de aproximar os animais de estimação do dia a dia da casa para além da área de serviço ainda deve se restringir aos ambientes de varanda ou terraço por conta da sujeira que eles produzem.

Mini porco de estimação
Tem conquistado o gosto de quem deseja ter um bichinho de estimação exótico (Foto: Shutterstock)

Diferentemente de aquários, que podem ser acomodados em qualquer local da casa, as gaiolas precisam ficar em locais de fácil manutenção”, explica a arquiteta do escritório Ira Oliveira Arquitetura e Interiores.

A área de serviço já é um espaço bastante utilizado para abrigar o bicho. Mas, se a ideia é levar os pets exóticos para mais perto do dia a dia da casa e ter mais contato com eles, o terraço e a varanda se tornam ótimas opções.

Furão como bichinho de estimação
Ele precisa de espaço, então pense em uma gaiola grande, com brinquedos e uma rede ou casinha para ele dormir (Foto: Shutterstock)

A questão é que essas áreas podem ter um espaço exclusivamente dedicado aos animais, com gaiola ou cercadinho, porém sem esquecer de conciliar com o restante da decoração do ambiente. “As varandas podem ter uma área dedicada aos bichinhos e ainda manter um mobiliário e uma decoração em harmonia. “Gaiolas com modelos coloridos são bem lúdicos e podem ser colocadas em bancadas misturando-se com vasos de plantas, criando um local mais elaborado”, acrescenta Ira.

De toda forma, independente de onde o animal for ficar – e principalmente se não houver opção de varanda, terraço ou área de serviço e o local escolhido seja dentro de casa -, a manutenção deve ser prioridade principalmente para manter o ambiente sempre limpo e evitar cheiros fortes. “A manutenção desse espaço deve ser priorizada, facilitando a conservação do ambiente sem transtornos”, conclui a arquiteta.

Chinchila de estimação
Precisa de espaço para fazer exercícios, então é necessária uma gaiola grande e, de preferência, equipadas com acessórios próprios para isso, como rampas e brinquedos (Foto: Shutterstock)

Veja algumas opções de animais exóticos e as necessidades de cada um:

Coelho

Precisa de um espaço generoso e ele sente necessidade de ir para grama. Portanto, é mais indicado para casa ou para um apartamento que tenha, no edifício, uma área verde para ele circular. Para manter o animalzinho no apartamento, é indicada uma gaiola grande ou média, já que uma pequena não será boa para o bem-estar do coelho. Ele também precisa se exercitar para não ter tendência à obesidade. Na hora que soltá-lo no apartamento, fique de olho porque ele pode roer fios e móveis.

Chinchila

Ela é dócil e tem hábitos noturnos. Ela precisa de espaço para fazer exercícios, então é necessária uma gaiola grande e, de preferência, equipadas com acessórios próprios para isso, como rampas e brinquedos. O material da gaiola, além dos potes de comida e água, deve ser metal, já que a chinchila pode roer outros materiais. A chinchila vem de lugares mais frios e, portanto, não suporta temperaturas elevadas. Se o ambiente que ela for ficar for muito quente, vai precisar de um ar-condicionado.

Furão

É um bichinho simpático, brincalhão e divertido. Ele precisa de espaço, então pense em uma gaiola grande, com brinquedos e uma rede ou casinha para ele dormir. E o animal exige alguns cuidados. já que não se adapta a lugares muito quentes e muito menos a temperaturas muito baixas. Ele é bastante curioso e vai tentar se meter em qualquer buraco que encontrar na decoração da casa. Portanto, fique atento para não deixar fios à solta.

Micro porquinho

Tem conquistado o gosto de quem deseja ter um bichinho de estimação exótico. Ele tem fama de ser tão amoroso quanto o cachorro, é inteligente e fácil de ser adestrado. Mas não fica tão pequenos como o nome indica. Ele precisa de espaço também para brincar e se exercitar.

 

+ Inverno exige cuidados especiais com os pets em casa

+ Saiba como escolher e cuidar de peixes de estimação

+ Saiba como organizar o cantinho dos animais de estimação

+ Saiba como preparar a casa para seu bicho de estimação

+ Aprenda a cuidar do seu bicho de estimação no inverno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.