03/06/2009

Pacote habitacional aquece vendas de imóveis

Fonte: Revista ZAP

Imobiliárias estão satisfeitas com o resultado e apostam em crescimento para o próximo semestre

Enquanto nos Estados Unidos a crise econômica mundial tirou a casa de centenas de americanos, no Brasil a situação tomou um rumo diferente. Segundo os proprietários de imobiliárias do País, os brasileiros continuam realizando o sonho da casa própria, principalmente depois que o Governo anuncio o pacote habitacional.

“O programa “”””Minha casa, minha vida”””” e a redução do IPI sobre os matériais de construção estão ajudando bastante a aquecer o mercado imobiliário. Acredito que estas ações deixaram as pessoas mais seguras para comprar e investir”, diz a gerente de negócios da Cosebra Negócios Imobiliários, Vanessa Campos Martinez.

De acordo com o levantamento do Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo), as vendas de imóveis usados cresceram 8,26% no Estado de São Paulo em março na comparação com fevereiro. Foi o terceiro mês seguido de vendas em alta no Estado.

O proprietário da W&Laghe Empreendimentos Imobiliários, Wilson Carlos de Oliveira Lopes, conta que a empresa teve um avanço nas vendas bastante significativo do ano passado para o início de 2009. Paula Fonseca Faraggi, dona de uma imobiliária, compartinha da mesma opinião do Lopes. “Na semana passada, por exemplo, colamos uma oferta de anúncio e em menos de uma semana esse imóvel estava vendido.”

Há quem arrisque outras alternativas para melhorar ainda mais os negócios. Flávio Benedito Miani, proprietário da Miani Imóveis, aposta na redução da taxa de juros para que o financiamento de imóveis fique acessível para todas as rendas. “Sem dúvida o governo tem ajudado, não necessariamente para a minha área de atuação, mas isso tem ajudado para que as empresas que trabalham e que vão trabalhar neste segmento se movimentem”, diz Edgar Hirota, proprietário da Base Imóveis. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.