04/11/2007

Padrão médio passa a predominar no Morumbi

Fonte: O Estado de S. Paulo

Pesquisa mostra que, de janeiro a setembro deste ano, a maioria de novos é de três dormitórios; antes, era de quatro quartos

Antônio Milena/AEZap o especialista em imóveisObras – Ponte estaiada e Av. Itapaiuna devem desafogar trânsito da região

Um dos bairros que mais atraem moradores de outras regiões, o Morumbi é o grande foco do mercado imobiliário. Com perfil de alto padrão, há cerca de dez anos, é a área com maior número de empreendimentos novos na cidade. Foi superado somente em 2005 pelo Brooklin, segundo dados da Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp). Mas voltou à liderança no ano seguinte. Hoje, a verticalização na área segue forte. Porém, o padrão dos lançamentos está mudando para classe média.

De janeiro a setembro deste ano, o valor médio do metro quadrado no bairro foi de R$ 2.983, ante R$ 5.787 no mesmo período do ano passado. A área útil média caiu de 193 metros quadrados para 124 metros quadrados. E a predominância agora é de lançamentos de três dormitórios. Antes, os de quatro quartos dominavam, segundo a Embraesp.

“O Morumbi atrai um público bem abrangente. Suas características são residenciais, com ruas arborizadas, boa infra-estrutura comercial dos shoppings, e perto dos dois maiores centros econômicos e empresariais de São Paulo, as regiões da Faria Lima e Berrini”, afirma Gonzalo Fernandez, diretor da imobiliária Fernandez Mera.

Segundo o executivo, a tendência de construção de moradias voltadas à classe média nos próximos anos se confirma pela liquidez das unidades. “A aceitação do mercado tem sido muito boa. Há duas semanas lançamos um empreendimento nas proximidades do Jardim Sul, com apartamentos de dois dormitórios, que foi todo vendido no lançamento”, comenta.

Isso ocorre porque o Morumbi é um dos poucos que ainda possuem terrenos com preço viável na cidade. “Mas já começa a mudar”, diz Fernandez. “Os terrenos já começam a rarear e os preços dos próximos lançamentos já virão em níveis mais altos”, avisa.

Obras

De trânsito conhecidamente caótico, as ruas do Morumbi devem ganhar com as obras realizadas na região. “Hoje há uma expectativa muito positiva com as obras de infra-estrutura viária que estão em andamento, principalmente a nova Ponte Estaiada ligando com a Roberto Marinho e Berrini, que além de ser mais uma alternativa para cruzar o Rio Pinheiros conecta com uma região aonde trabalham muitos dos moradores do bairro”, diz Fernandez. Outra obra importante é a da Avenida Itapaiuna, como alternativa para a Giovani Gronchi e com ligação na Ponte João Dias.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.