28/01/2009

Paisagista esclarece dúvidas de como cultivar as plantas que deixam a decoração mais bela

Fonte: O Globo

Elas não são meros objetos decorativos e precisam de cuidados. A paisagista Emmilia Cardoso ajuda na tarefa

Fotos: DivulgaçãoZap o especialista em imóveisProjeto de paisagismo de Emmilia Dias Cardoso

Rio de Janeiro – Não é novidade que as plantas são capazes de dar um toque especial à decoração dos lares. Mas, como não são apenas meros objetos decorativos, elas precisam de determinados cuidados. Para ajudar os leitores, a deixarem suas plantas mais belas e saudáveis, assim como indicar as espécies adequadas para os diferentes ambientes, a arquiteta e paisagista Emmilia Dias Cardoso participou do Tire suas Dúvidas esclarecendo as diferentes questões. Para muitos, dedicar parte do tempo às plantas é uma forma de terapia. Confira algumas das principais respostas e clique aqui para ler tudo o que foi perguntado.

Quais são as principais dicas para cuidar de uma planta dentro de casa?

De maneira geral, podemos destacar três fatores básicos, que não devem ser negligenciados quando cultivamos plantas dentro de casa:

Luz solar: Se as plantas são adequadas para interior não precisam apanhar sol.

Regas corretas: No verão, o ideal é regar as plantas a cada dois dias. No inverno, uma média de duas vezes por semana.

Fertilização: Por estarem submetidas às condições adversas, as plantas em ambientes internos ainda precisam receber nutrientes adequados. Recomenda-se a aplicação de um fertilizante líquido foliar, que pode ser pulverizado diretamente sobre as folhas, mensalmente, e a adubação trimestral com adubo líquido, na terra.

Sugiro a escolha de plantas resistentes, porque não têm grandes problemas de adaptação. Entre elas, as prímula, os antúrios, as begônias, as violetas e os filodendros. Em geral, são espécies que não exigem exposição direta ao sol. Já a calêndula, os gerânios e as azaléias estão entre aquelas que devem ser colocadas em algum lugar onde há iluminação natural.

Antes de tudo, é preciso preparar os vasos para plantio. No fundo deles, coloque uma camada de argila expandida de brita ou cacos de cerâmica para facilitar a drenagem. Depois, acrescente uma camada de substrato (terra preta) e a seguir a planta, cuidando para que as raízes não sejam danificadas. Complete o preenchimento com terra, assentando-a suavemente com a palma da mão.

Quanto à rega, é aconselhável molhar as plantas jovens todos os dias durante o verão, bem cedo ou no fim da tarde.
As árvores e os arbustos podem ser molhados em dias alternados, no verão, e duas vezes por semana no inverno. Já as plantas com flores, recomenda-se regá-las todos os dias de manhã cedo, e, no inverno, quando a terra estiver seca. Cuidado para não molhar as flores e folhas, principalmente se estiverem expostas ao vento. Nunca use regador ou mangueira sob o sol forte.

Qual o tipo de árvore frutífera dá para plantar num pequeno espaço?
As árvores frutíferas anãs, pois permanecem pequenas o suficiente para você colher a fruta próxima ao solo. Outra vantagem das árvores frutíferas anãs é que elas começam a dar frutos muito mais cedo que as árvores de tamanho normal. Experimente jabuticaba, romã, goiaba, acerola, laranja, limão, banana, caju, mamão, graviola, coqueiro, pitanga, seriguela, laranjeira, fruta de conde, caqui, lichia e amora. É possível, cultivá-las até mesmo em vasos grandes.

O que tipo de planta deve ser cultivava numa área com a incidência do sol da tarde?
Cactos, suculentas e frutíferas, Todas ficam bem. Nas suculentas a rega é semanal e muito pouquinho.

LEIA MAIS

Piso verde drena água e refresca exteriores

Plantas e flores por toda a casa

Imóveis ganham área de lazer maiores e mais sofisticadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.