23/06/2007

Para dar asas aos projetos dos arquitetos

Fonte: Jornal da Tarde

Combinações de estampas são ilimitadas na hora de criar formas novas para o piso de sua casa

DivulgaçãoZap o especialista em imóveisA junção de uma estampa clássica na parte principal do piso com um modelo de cores iguais e desenhos equivalentes como ‘moldura do chão’

Parece exagero, mas, na verdade, as possibilidades de criação de estampas e cores nos ladrilhos hidráulicos são infinitas. Para se ter uma idéia, basta lembrar que há pouco mais de três anos, a Casa da Frontaria Azulejada, em Santos, realizou uma exposição de peças de ladrilho hidráulico com mil unidades, apenas um terço do acervo do professor de arquitetura da USP Antônio Carlos Alves. E essas três mil peças não esgotam as possibilidades. De tão variadas e de tão relevantes para a decoração, esse acervo foi doado à Universidade de São Paulo para ser colocado em um espaço próprio e fixo na instituição.

O ladrilho hidráulico pode variar em formas, cores, tamanhos e nos estilos de suas figuras, usando de Art Nouveau a formas geométricas; de traço bizantino a modernista. “Não há limites para a sua confecção”, explica André Cunho, diretor da empresa Brasil Imperial, de cuja fábrica na Freguesia do Ó saem milhares de peças mensalmente para suprir todas as ‘viagens’ criativas de arquitetos e decoradores.

O fato – que pouca gente sabe – é que as possibilidades não ficam restritas a peças prontas, compradas em lojas por metro quadrado ou lote, dentro de uma linha específica de fábrica, como é o usual com pisos e revestimentos.

As peças podem ser encomendadas conforme o projeto. “Temos mais de 500 modelos de estampas e 32 cores diferentes”, diz Cunha. Cada estampa pode ter suas partes coloridas de forma diferente, conforme o desejo do comprador. Em casos mais personalizados, a empresa pode até criar novas estampas, com desenhos exclusivos.

“É por essa versatilidade que o ladrilho hidráulico voltou a ser procurado com intensidade pelos arquitetos e decoradores. Ele atrai pela beleza duradoura, visto que o material tende a ficar mais bonito ainda com o uso e o tempo.” Os custos ficam em uma faixa intermediária, em termos de pisos e revestimentos. “Você pode adquirir ladrilhos a partir de R$ 49 o metro quadrado, podendo chegar até a R$ 149, conforme a complexidade do que for desejado para a peça.”

Além dessas diversas possibilidades, a utilização do material tem mais elasticidade ainda quando os arquitetos deixam a imaginação fluir. Até a utilização de sobras de estoque ou lotes encalhados em lojas, sem a preocupação de criar um desenho homogêneo, é um bom caminho decorativo, como no caso da ilustração da capa desta edição, onde a colocação aleatória de peças diferentes de ladrilho hidráulico criou um efeito colorido e alegre.

Serviço – Brasil Imperial, Rua Monsenhor Paulo Fernandes de Barros, 60, telefone 3984-2091.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.