17/02/2008

Parcerias criam opções de crédito

Fonte: O Estado de S. Paulo

Construtoras e bancos desenvolvem tabelas com juros a partir de 7% a. a. e financiamento de até 100%

Paulo Pinto/AEZap o especialista em imóveisFacilidade – Ao fim da obra, vantagem é que comprador não precisa se submeter à análise de crédito

Construtoras e bancos estão desenvolvendo formatos diferentes de financiamento direto na planta. A Gafisa, por exemplo, desenvolveu um projeto piloto com o banco Itaú, mas também trabalha com Santander e ABN Amro. “O banco avalia o projeto e a gente monta a tabela a quatro mãos”, afirma Luiz Fernando Cruz, gerente financeiro da empresa.

Com esse formato, é possível financiar até 100% do imóvel, sendo 5% pela construtora e o restante com o banco sem a necessidade de comprovação de renda. “A pessoa tem certeza de conseguir o crédito, apenas com a avaliação do Serasa”, afirma. Caso o comprador não atrase o pagamento das prestações durante a obra, na entrega das chaves, obtém financiamento automático. Caso contrário, será submetido aos mesmos processos de análise de crédito de um financiamento comum.

Antes da entrega das chaves, a taxa de juros é menor, entre 7% a 8,5% ao ano, mais Taxa Referencial (TR). Depois, passa para 10,5%, mais TR. Mas isso pode variar conforme o banco. A tabela tem tido uma boa adesão entre os clientes da Gafisa. “Dos empreendimentos em que oferecemos, essa tabela foi a mais vendida”, diz.

A Tecnisa, por sua vez, criou uma fórmula em que o cliente paga 10% do valor do imóvel nos primeiros seis meses, depois começa a pagar o financiamento direto com o banco. Na entrega das chaves, paga mais 10% à construtora e o restante volta a ser pago ao banco, no prazo de até 30 anos.

A parceria foi fechada com o Santander para a venda de imóveis de R$ 130 mil a R$ 250 mil. Valores até R$ 150 mil terão juros de 9% ao ano, mais TR. Acima disso, a taxa sobe para 10,45% ao ano, mais TR. Os juros são cobrados durante todo o período.

Segundo o diretor administrativo da empresa, Tomas Lazlo, apenas com essa parceria, a Tecnisa vai lançar 11 empreendimentos com 5.700 unidades em todo o Brasil. A construtora ainda está em negociações adiantadas com outros bancos para novos empreendimentos. “A vantagem é que quando chega o fim da obra, a pessoa não precisa se preocupar com o repasse.”

A Brascan Residential Properties também firmou parcerias com bancos para o financiamento direto na planta. Bradesco, ABN Amro, HSBC e Caixa Econômica Federal estão na lista. A construtora ainda está negociando uma parceria com o Itaú.

Os compradores podem obter financiamento com prazo de até 25 anos, com taxas que variam de 9% a 10,5 % anuais, mais TR. A opção é válida para unidades a partir de R$ 80 mil até de R$ 1 milhão.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.