03/05/2010

Passo-a-passo: Preparando a casa para pintar as paredes

Passo-a-passo: Preparando a casa para pintar as paredes

Fonte: Revista do ZAP

Prepare-se para renovar sua casa sem tem que reformar e sem enfrentar problemas

O primeiro passo é escolher o tipo de tinta que você irá utilizar. Os arquitetos Raul Pegas, responsável pelos apartamentos decorados da construtora Rossi, e Maria Regina Felipe indicam que você trabalhe com tintas do tipo acrílico/látex/PVC. Dissolvidas com água, elas dispensam o uso de solventes fortes como Thinner, são ecologicamente corretas e tem menos cheiro forte – alguns fabricantes prometem zero odores.

Tintas

Brilho, fosco ou acetinado?
Segundo Maria Regina, o tipos de tinta com brilho e semi-brilho não é mais tão utilizado. Os foscos dão muito trabalho para manutenção e podem perder cor na hora da limpeza. Ela prefere os acetinados. Pegas concorda e dá a dica: “acetinado disfarça melhor imperfeições da parede”.

Antes de começar
Escolhida a cor e o tipo de tinta, é hora de abrir espaço no ambiente para facilitar a aplicação. Para isso, retire cortinas, espelhos, lustres, quadros, plantas, tapetes e todos os objetos que estejam próximos à área a ser pintada. Cubra o chão com jornais ou lonas. Proteja os limites da área a ser pintada, marcos de janelas e portar com fita crepe.

Prepare a superfície
Deixe a parede limpa: evite pó, gordura ou ferrugem.

Sequência de aplicação
Abra janelas e portas, comece a trabalhar pelos cantos. Contorne marcos das portas e outros detalhes. Faça isso com um pincel. Continue por toda a área com a ajuda de um rolo de pintura, para que a cobertura com tinta seja feita de forma mais eficiente. Não pare a pintura por muito tempo, assim você evitar emendas e possíveis diferenças de tonalidade. Evite aplicar o produto em dias sujeitos a chuva ou muita umidade.

Recomendações e quantidades
Para saber a quantidade de tinta certa para comprar, Maria Regina e Pegas aconselham que o consumidor procure se informar com o vendedor na loja. Segundo os profissionais, tipos e marcas de tintas diferentes terão rendimento diferente por isso, preferem não arriscar o cálculo do total.

Eles ainda aconselham que você siga as instruções na lata da tinta sobre a secagem e o intervalo que você deve dar entre as demãos de tinta. Não há um limite mínimo ou máximo para o número de camadas de tinta da mesma cor que você queira usar. As demãos servirão, segundo eles, para homogeneizar a cor. Quando você achar que o tom está adequado e a tinta está bem espalhada, a quantidade de demãos é a correta.

(Com informações do site da Sherwin Williams e Coral Tintas)

Saiba mais:
>> Quer mudar a casa sem reformar? Pinte
>> As cores adequadas a cada ambiente
>> Quais os significados das cores?
>> Cores primárias x secundárias

Tags: arquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.