26/06/2012

Patrimônio resgatado: aos 90 anos, Edifício Ely será reinaugurado em Porto Alegre

Patrimônio resgatado: aos 90 anos, Edifício Ely será reinaugurado em Porto Alegre

Fonte: Revista do ZAP

O Edifício Ely foi construído em 1922 por um dos arquitetos mais importantes da história do Rio Grande do Sul, o alemão Theodor Wiederspahn

Ao completar 90 anos de existência, o Edifício Ely será reinaugurado nesta terça-feira, 26 de junho de 2012, em Porto Alegre, integrando-se à onda de revitalizações no Centro Histórico. Foram seis meses de obras, cuja maior dificuldade foi o movimento nas ruas centrais da capital gaúcha, fato que obrigou a realização do trabalho à noite.

Divulgação

Localizado na Rua da Conceição, o Edifício Ely foi adquirido pela rede de lojas de materiais de construção Tumelero em 1982. Desde então, passou por pelo menos oito revitalizações. A última, que terá seu resultado apresentado nesta terça-feira, em um café da manhã, é considerada a mais importante por coincidir com os 90 anos do prédio.

Divulgação

“Esse processo de manutenção é constante. Dessa vez, o telhado foi totalmente reformado, houve restauração das estátuas da fachada e pintura”, informa o diretor de Operações do Tumelero, Sergio Bandeira de Mello.

Além de ser um marco referencial na região e chamar a atenção por sua beleza e tamanho – 8 mil metros quadrados em quatro andares -, o Edifício Ely é um exemplar notável da arquitetura da Capital. Hoje, é inventariado pelo município.

Divulgação

Foi construído em 1922 por um dos arquitetos mais importantes da história do Rio Grande do Sul, o alemão Theodor Wiederspahn. Ele projetou os prédios da Delegacia Fiscal (atual Margs), Correios e Telégrafos (Memorial do RS), Banco da Província (Santander Cultural), Hotel Majestic (Casa de Cultura Mario Quintana), Edifício Chaves, Cine Guarany, Cervejaria Bopp (ex-Brahma, hoje Shopping Total), Faculdade de Medicina da UFRGS e Hospital Moinhos de Vento. São mais de 500 projetos, inclusive em cidades do Interior.

“É um dos edifícios mais lindos da cidade, do ponto de vista dos ornamentos”, afirma o coordenador da Memória da Secretaria Municipal da Cultura, Luiz Antônio Custódio. “Ele é superimportante no Centro, assim como a Livraria do Globo”, faz coro a diretora da Equipe de Patrimônio Histórico e Cultural do município (Epahc), Débora Magalhães da Costa.

Segundo especialistas, a revitalização eleva o orgulho da comunidade da região e incentiva a ocupação da área tanto por moradores quanto por comerciantes.

Quem foi Nicolau Ely
– O comerciante Nicolau Ely chegou ao Brasil em 1829
– Instalado com a família em São Sebastião do Caí, mudou-se para Porto Alegre, onde abriu uma loja de tecidos na Rua Voluntários da Pátria
– O negócio prosperou e Ely fez fortuna
– Com o dinheiro, mandou construir o Edifício Ely
– Casado com Augusta Bimfeld Ely, o comerciante teve 16 filhos. Ele morreu em 1926 e sua esposa, em 1929

Quem foi Theodor Wiederspahn
– Um dos principais arquitetos da história do Estado, Theodor Wiederspahn nasceu na Alemanha em 1878
– Veio para o Brasil em uma leva de engenheiros e arquitetos alemães que, com a proclamação da República aqui e a crise econômica na Europa, buscavam trabalho no país
– Radicado em Porto Alegre, participou da onda de construções da década de 1920 na cidade
– Trabalhava com o estilo eclético, reunindo traços renascentistas, neobarrocos e neoclássicos, ao lado de uma concepção decorativa luxuosa

Outras revitalizações no Centro
– Chalé da Praça XV
– Igreja Nossa Senhora da Conceição
– Biblioteca Pública
– Cine Capitólio
– Paço Municipal
– Praças da Alfândega e Otávio Rocha

Obras por vir
– Viaduto Otávio Rocha
– Cais Mauá
– Orla do Guaíba


Leia mais:
>> Revitalização dá novos ares à tradicional Galeria Chaves, no centro de Porto Alegre
>> Cidade de Porto Alegre é museu arquitetônico
>> Veja imóveis à venda em Porto Alegre
>> Anuncie seu imóvel no Pense Imóveis

Tags: Urbanismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.