08/04/2010

Peças de designers cariocas de malas prontas para Milão

Fonte: O Globo

Rio de Janeiro – Entre os dias 14 e 19 deste mês, o Salão Internacional do Móvel, em Milão, ganhará, pelo segundo ano consecutivo, um sotaque carioca. A mostra “Rio + Design” vai desembarcar no evento com um acervo de mais de 150 peças e 32 expositores, como mostra a reportagem de Flávia Monteiro na edição do Morar Bem deste domingo.

São elas, em sua maioria, móveis e acessórios para casa. Mas há também joias, bolsas, livros e catálagos. O evento é promovido pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Rio de Janeiro (Sedeis) e parceiros. A expectativa é aumentar em 20% o volume de negócios gerados em 2009.

Este ano, a curadoria está a cargo da dupla de designers Ricardo Leite e Cláudio Magalhães, que também assina a identidade visual da exposição.

“Embora o carro-chefe continue sendo o mobiliário, ampliamos o mix de produtos para promover um olhar mais diversificado sobre o design, como o gráfico. Um bom exemplo disso está no catálogo da candidatura do Rio como sede das Olimpíadas de 2016. Nós eliminamos também o critério de só levarmos peças premiadas. O importante é ter a cara do Brasil, do Rio de Janeiro”, ressalta Leite.

E na contramão do metal e plástico – matérias-primas exploradas à exaustão em eventos europeus – Leite optou por dar mais ênfase à madeira:

“A nossa ideia é mostrar a valorização da madeira certificada, por intermédio de peças como a poltrona “Theo”, de Fernando Jaeger, que ainda surpreende pelos encaixes que são feitos à mão, de forma artesanal.”

LEIA MAIS:

CONHEÇA OS PROJETOS DE BRASILEIROS QUE IRÃO PARTICIPAR DA BIENAL IBEROAMERICANA DE ARQUITETURA

OSCAR NIEMEYER: O MELHOR ARQUITETO BRASILEIRO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.