08/01/2014

Pesquisa revela que 60% dos financiamentos imobiliários em SC são feitos por clientes com menos de 35 anos

Pesquisa revela que 60% dos financiamentos imobiliários em SC são feitos por clientes com menos de 35 anos

Fonte: Revista do ZAP

Especialistas explicam que emprego estável e imóveis com preços acessíveis são alguns dos fatores que influenciam na predominância dos mais jovens entre os compradores de imóveis

Casar mais tarde, morar com os pais, ter um emprego estável e empreendimentos com preços acessíveis são alguns dos motivos apontandos por especialistas para explicar a predominância de mais jovens entre os compradores de imóveis. Um dado que reforça essa tendência é referente ao público do Salão do Imóvel, em Florianópolis, em 2013: 32% era composto por pessoas de 21 e 30 anos.

O presidente do Sindicato da Habitação (Secovi) da Grande Florianópolis, Fernando Willrich, cita os programas habitacionais como outro fator para o fenômeno.

“É uma movimentação que vem acontecendo aos poucos. O sonho da casa própria também é muito forte entre os mais jovens, além disso, os financiamentos habitacionais facilitam a compra do imóvel assim que eles ingressam no mercado de trabalho”, avalia.

Mas ele ressalta que, assim como nos outros casos, é essencial ter planejamento na hora de adquirir um apartamento ou casa.

Além dos cuidados básicos com documentação da construtora, Rafael Severo, da Trend Investimentos Imobiliários, aconselha que o cliente que está adquirindo o primeiro imóvel também deve dedicar um tempo pesquisando os empreendimentos disponíveis no bairro, além de estabelecer expectativas dentro da realidade de mercado.

O gerente regional em exercício da Caixa Econômica Federal, em Florianópolis, Adairso Laerte Nienkoetter, explica que pessoas de até 30 anos são a maioria dos clientes de financiamentos de imóveis mais populares.

“Eles estão adquirindo o primeiro imóvel. É um público exigente e que sabe da importância de sua capacidade de compra”, avalia.

Nienkoetter acredita que esse público mais jovem deve continuar predominando nos próximos anos, até porque há sempre lançamentos de imóveis com preços acessíveis para atender a essa demanda.

Conforme dados da Caixa Econômica Federal, principal instituição financeira na concessão de crédito habitacional no país, 60% dos financiamentos imobiliários em Santa Catarina em 2013 foram realizados por clientes com idade inferior a 35 anos.

Imóvel próprio para fugir do aluguel
O perito de seguradora Kaleb Silveira, de 27 anos, faz parte dessa estatística. Ele decidiu adquirir o primeiro imóvel no ano passado para se livrar do aluguel.

“Eu e minha esposa pesquisamos e vimos que valia a pena vender o carro para dar de entrada em um apartamento. Assim, investíamos em uma coisa nossa”, conta Silveira, que comprou um apartamento no Bairro Coqueiros, em Florianópolis.

Além de pesquisar o preço, o casal escolheu a região próxima do trabalho. Kaleb leva 10 minutos de bicicleta para chegar ao emprego.

Leia mais:
>> Caixa reformula linha de refinanciamento de imóveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.