02/10/2020

Pets: o que fazer quando um cão e um gato moram juntos?

Cachorros e gatos juntos: é possível? Quando pensamos nos dois logo vem à mente aquela que talvez seja uma das mais populares inimizades do mundo animal. Essa rivalidade virou até sinônimo de comparativo para brigas entre duas pessoas e é sempre lembrada quando ouvimos “vocês parecem gato e cachorro!”

Cachorros e gatos juntos em casa

Cachorros e gatos juntos no sofá

A famosa comparação no parágrafo anterior é uma injustiça com os bichinhos, porque sim, cães e gatos podem morar juntos. O desentendimento pode acontecer, mas se você já tem um cachorro e coloca outro em casa, eles também podem brigar. A mesma situação pode ocorrer com os gatos. 

As dicas preciosas para ter cachorros e gatos juntos na mesma casa são observação e paciência. A veterinária Maira Calura explica que as pessoas tem que conhecer bem a personalidade do seu pet para colocar outro no mesmo ambiente. “Quando os dois são filhotes é bem mais fácil, pois eles têm muita vontade de querer brincar, conhecer. Claro que você precisa observar como eles vão se olhar, se cheirar, mas é bem mais tranquilo”, explica Maira.     

Diferenças de idade

Além da personalidade, a diferença de idade entre os pets é uma característica que deve ser observada para que cachorros e gatos juntos tenham uma convivência tranquila. O processo de adaptação da chegada de um pet no espaço de outro precisa ser cuidadoso e paciente. 

Um cão adulto de personalidade tranquila e brincalhona vai receber mais fácil um gato filhote em casa. Caso ele seja mais bravo, a aproximação dos dois deve ser aos poucos. Maira recomenda aos donos que observem alguns sinais, como o rosnado do cachorro ou pelos ouriçados. “Nunca nos primeiros dias você vai deixar eles sozinhos juntos. É necessário ir monitorando essa aproximação”, afirma a veterinária. 

Cachorro e gato se farejando

Na adaptação, o cachorro deve sentir o cheiro do gato. O dono pode a cada dia aproximar o gato do cachorro para perceber suas reações. O ideal é que ele esteja na coleira para que não faça nada que possa machucar o outro pet. Isso deve acontecer até um estar acostumado com o outro. Já no caso de um gato adulto receber um cão filhote, o felino não vai atacar. “Apenas se o cachorro for até ele, então também é preciso ir mostrando ao gato o novo amiguinho”, explica Maira. Esse processo de adaptação também se repete quando ambos são adultos. 

Ciúmes

Cachorros e gatos juntos no colo da dona

Os animais sentem quando são deixados de lado, então alguns cuidados são necessários para evitar que exista ciúmes entre o cão e o gato. Conheça alguns:

  • Se deu petisco para um, também dê para o outro;
  • Fez carinho em um dos bichinhos, faça no outro;
  • Pegou um no colo, também segure o outro.

Assim você evita que o pet que já está em casa possa ficar deprimido com a chegada do outro.  

Higiene

Em relação à alimentação, fique atento as comidas de cada um. “Lembrando que existe a possibilidade do cachorro comer a comida do gato e isso deve ser evitado. O dono deve deixar a ração do gato em um local mais alto, onde o cachorro não possa alcançar”, recomenda Maira.

Existem cachorros que também podem comer as fezes do gato. Então sabe a caixa de areia dos felinos? O ideal é também colocar em um local um pouco mais alto. Com os dois sendo amigos, a água pode ser dividida entre os dois.

Como diferenciar brincadeiras de brigas

Cachorros e gatos juntos brincando

Durante a convivência, o gato e o cachorro vão interagir entre eles. No caso de dúvidas sobre se eles estão brincando ou brigando, observe os seguintes sinais:

  • Pelos ouriçados;
  • Rosnados;
  • Dentes à mostra;
  • Mordidas que deixam feridas;
  • Patadas com as unhas que deixam feridas.

Por fim, cachorros e gatos juntos podem ser uma boa companhia uns para os outros, trazendo mais vida e alegria para a casa. 

Leia mais:

+ Em casa: veja como fazer petiscos caseiros para gatos

+ Veja quais são os sofás e tapetes ideais para quem tem animais de estimação

+ Cantinho do pet também pode fazer parte da decoração da casa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.