06/08/2004

Potencial de um imóvel antigo

Fonte: Editoria Zap

O apartamento de 104 m² de área útil e 3,30 m de pé-direito no edifício Anchieta, na Avenida Paulista, foi totalmente reformulado pelos proprietários. Os decoradores Ricardo Cintra e Luciano Moura utilizam o imóvel para morar e também como escritório da M&C Oficina de Projetos, empresa especializada em soluções de interiores. O prédio, projetado pelo … Continue lendo “Potencial de um imóvel antigo”

O apartamento de 104 m² de área útil e 3,30 m de pé-direito no edifício Anchieta, na Avenida Paulista, foi totalmente reformulado pelos proprietários. Os decoradores Ricardo Cintra e Luciano Moura utilizam o imóvel para morar e também como escritório da M&C Oficina de Projetos, empresa especializada em soluções de interiores. O prédio, projetado pelo escritório de arquitetura M.M.M. Roberto na década de 40, foi construído pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

As paredes espessas de concreto maciço – bons tempos aqueles – garantem uma ótima acústica, que barra até os ruídos do intenso trânsito de automóveis pela movimentada avenida da capital paulista. Para garantir o silêncio e a praticidade, as esquadrias de madeira da janela – que ocupa uma parede inteira do living e tem vista para um dos mais famosos cartões postais da cidade – foram substituídas por peças de alumínio com proteção de borracha.

Na primeira etapa, algumas paredes foram quebradas e as portas – que seriam eliminadas – preenchidas com tijolos e concreto. O maior dos três dormitórios, que integravam a planta original, perdeu duas paredes, tornou-se o prolongamento do living e passou a ter função de sala de jantar. Metade do corredor acolheu um cantinho agradável com iluminação leve, nichos na parede e até uma minibiblioteca. O antigo dormitório de empregada deu lugar ao escritório da dupla que integra a Oficina de Projetos. A fase do acabamento começou com a colocação do gesso. O material foi responsável pelos rebaixamentos de teto, no living e na cozinha; pela formação do lambri, nas paredes da sala de jantar e pela moldura nas passagens entre os ambientes.

Confira as plantas baixas de antes e depois das modificações:

Planta antes da reforma Planta depois da reforma
Zap o especialista em imóveis Zap o especialista em imóveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.