19/05/2017

Mercado de Imóveis num ZAP: preço de imóveis comerciais continua em queda

Situação deve mudar no segundo semestre deste ano

Fonte: ZAP em Casa

imóveis comerciais

Segundo o Índice FipeZAP, o preço dos imóveis comerciais continua em queda. É uma tendência que vem sendo observada durante os últimos 24 meses e, no segundo semestre, a situação deve mudar.

Escute abaixo o quadro “Mercado de Imóveis num ZAP”, apresentado por Eduardo Schaeffer, CEO do ZAP, e veiculado todos os dias na rádio CBN.

 

LEIA MAIS:

+ Preços dos imóveis comerciais encerram primeiro trimestre em queda

+ Preços para aluguel de imóveis têm pequena alta

+ Preços de venda de imóveis se mantêm estáveis

+ Veja dicas para fazer um contrato de aluguel

+ Imóveis reformados geram menos custo na hora de alugar

+ Veja dicas para alugar um imóvel

+ Coloque fotos do bairro no anúncio de um imóvel

+ Fotos são elementos importantes para quem quer anunciar imóvel

+ Veja dicas para receber um interessado em imóvel à venda

+ Veja dicas para tirar fotos perfeitas para anunciar um imóvel

+ Veja dicas para anunciar imóvel

+ Como saber quanto vale uma vaga de garagem

+ Preços de imóveis podem variar em uma mesma rua

+ Saiba como avaliar o preço do seu imóvel

+ Saiba como declarar imóvel com contrato de gaveta

+ Saiba como declarar imóvel no imposto de renda 2017

+ Veja dicas para declarar seu imóvel no IR

+ Saiba quais são as regras para usar o FGTS

+ Utilize o FGTS para investir em imóvel

+ Saiba como utilizar o saldo do FGTS para comprar imóvel

+ Preço real dos imóveis continua em queda

+ Preços de aluguel residencial sobem pela segunda vez consecutiva

+ Imóveis comerciais têm nova queda de preço

+ Geração até 35 anos não pensa em comprar imóvel

+ Mais de 60% das pessoas buscam imóveis pelo celular

+ Aluguel de imóvel cresce com a crise econômica

+ Mudanças no mercado imobiliário devem melhorar cenário

+ É uma boa hora para comprar imóvel?

+ Aluguel tende a crescer nos próximos anos

+ Mercado imobiliário deve melhorar no segundo semestre

+ Cresce o número de pessoas à procura de um imóvel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.