15/03/2017

Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro

Mesmo assim, aumento no período ficou abaixo da inflação

Fonte: ZAP em Casa
aluguel residencial
São Paulo continua com o preço mais alto para aluguel residencial (Foto: Shutterstock)

Os preços de aluguel residencial registraram um aumento nominal de 0,15% no mês de fevereiro. É o segundo aumento consecutivo após 20 meses de queda na comparação mensal, de acordo com dados do Índice FipeZAP de Locação. Comparado com fevereiro de 2016, o Índice apresenta uma variação nominal de -2,76%.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: conte o que você quer ver por aqui

Se for levado em consideração a inflação medida pelo IPCA/IBGE (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo/Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nos últimos 12 meses, que foi de 4,76%, o Índice FipeZAP de Locação acumula queda real de 7,18% no período. Quase todas as cidades monitoradas registraram variações de preço inferiores à inflação, com exceção de Santos (SP) e Recife (PE).

Com relação ao preço médio de venda dos imóveis, é possível obter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por alugar seu imóvel. Trata-se de uma medida importante para avaliar a atratividade do mercado imobiliário em relação a outras opções de investimento. Com base nos dados de fevereiro de 2017, o retorno médio anualizado do aluguel foi de 4,3%.

É importante frisar que os preços considerados para o cálculo se referem a anúncios para novos aluguéis. Veja abaixo os preços do m² para locação nas 15 cidades analisadas pelo Índice FipeZAP.

aluguel residencial

 

+ Preços dos imóveis residenciais têm alta em fevereiro

+ Preços de imóveis comerciais iniciam 2017 em queda

+ Raio-X FipeZAP aponta recuo na aquisição de imóveis como investimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.