04/06/2014

Preço do m² perde para a inflação em 2014 e tem alta de quase 3%

Queda nos preços em 2014 ocorre em oito cidades do Brasil

Fonte: ZAP Imóveis
Leblon continua com o m² mais caro do Rio de Janeiro (Fotos: Shutterstock)
Leblon continua com o m² mais caro do Rio de Janeiro (Fotos: Shutterstock)

O aumento anual do preço médio do m² anunciado no Brasil sofreu mais uma desaceleração no mês de maio, pelo sexto mês consecutivo. O Índice FipeZap Ampliado registrou aumento de 11,7% em comparação com o mesmo mês de 2013. No ano, a alta é de 2,98%.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Considerando a variação esperada para o IPCA de maio, que é de 0,45% segundo o boletim Focus do Banco Central, a variação das 16 cidades monitoradas pelo FipeZap é menor do que a inflação de 2014. Isso caracteriza uma queda real dos preços.

As cidades de Fortaleza e Rio de Janeiro lideram com a maior alta dos preços, com 5,20% e 4,74%, respectivamente. Já Porto Alegre (-1,33%) e Brasília (-0,42%) apresentaram as maiores quedas em maio.

Na capital paulista, a alta no ano até o momento é de 3,59%, com variação positiva em maio de 0,71%. Vale registrar que duas cidades do ABC paulista, Santo André e São Bernardo do Campo, tiveram queda significante nos preços do mês passado, fato inédito desde que os preços da região passaram a ser monitorados pelo Índice FipeZap, em 2012.

GRAFICO1

Os valores médios do m² em maio ficaram entre R$ 10.609, no Rio de Janeiro, e R$ 3.942, em Vila Velha. Em São Paulo, a média ficou em R$ 8.060, enquanto a média das 16 cidades estudadas foi de R$ 7.494.

Bairros – Em São Paulo, o m² mais valioso está na Vila Nova Conceição, que custa R$ 13.871, seguido por Jardim Paulistano, Jardim Europa, Vila Olímpia e Ibirapuera. Já a região de Cidade Tiradentes é o bairro mais barato, com valor de R$ 2.478. Logo em seguida estão Guaianazes, Artur Alvim, Itaquera e São Miguel Paulista.

No Rio de Janeiro, o bairro mais valioso é Leblon, com preço de R$ 22.436 o m², a frente de Ipanema, Lagoa, Gávea e Jardim Botânico. O preço mais barato está em Pavuna, com o custo de R$ 2.224, seguido de Vaz Lobo, Coelho Neto, Guadalupe e Jardim América.

GRAFICO22

Variações no Rio – De acordo com dados do Índice FipeZap, os bairros que tiveram maiores variações de preço por m², na capital fluminense, foram Pilares (25,8%), Abolição (25,7%), Moneró (24,3%), Rocha (22,4%) e Humaitá (22,1%).

Já os bairros que tiveram menores variações, no Rio de Janeiro, foram Bonsucesso (6,06%), Recreio dos Bandeirantes (5,47%), Cosme Velho (5,06%), Camorim (4,94%) e Campo Grande (3,21%).

TABELA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.