19/10/2009

Preços dos alugueis sobem até 28% em um ano

Fonte: Revista ZAP

O valor dos alugueis de moradias na capital paulista aumentaram até 28,1% na capital paulista em setembro, considerando o preço cobrado nos últimos 12 meses em contratos novos de imóveis residenciais, segundo o sindicato da habitação (Secovi).

O levantamento feito pelo Sindicato da Habitação (Secovi) de São Paulo apontou que a maior variação no valor mais baixo do metro quadrado foi encontrada em unidades de um dormitório na região central, que engloba os bairros da Barra Funda, Bom Retiro, Cambuci, Centro, Liberdade, Pari e Santa Cecília.

Os imóveis com dois e três dormitórios registraram alta de até 23,1%, percentual encontrado, em ambos os casos, na Bela Vista (centro). Na média da capital, no entanto, o aumento foi de 8,3%, a menor alta desde junho do ano passado.

O economista Cícero Yagi, consultor do Secovi-SP, destaca que a recuperação da renda com alugueis vem ocorrendo nos últimos três anos – após mais de uma década estagnada – motivada pela queda da oferta de imóveis e a melhoria na renda da população.

As unidades no Centro tendem a ter maior valorização, na opinião do especialista, devido à preocupação com o trânsito, que vem aumentando em grandes cidades como São Paulo. “As pessoas querem morar cada vez mais perto do trabalho ou da escola.””

De acordo com o Secovi, os Jardins apresentaram em setembro o metro quadrado mais caro da cidade, considerando o menor valor encontrado em todos os tipos de imóveis: um (R$ 23,15), dois (R$ 22,26) e três (R$ 19,01) dormitórios, que tiveram aumento de 16,4%, 18% e 21,7%, respectivamente, nos últimos 12 meses.

LEIA MAIS:

CAIXA: MAIS DINHEIRO PARA CRÉDITO

AÇÕES DE DESPEJO AUMENTAM 17,8% EM AGOSTO EM SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.