04/07/2011

Preços dos imóveis residenciais registram aumento médio de 14,6% no primeiro semestre

Fonte: Zap Imóveis

Os preços dos imóveis residenciais tiveram aumento médio de 14,6% no primeiro semestre, segundo o índice FipeZap, divulgado nesta segunda-feira (4), que analisa a base dos anúncios do Zap Imóveis nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Fortaleza e Distrito Federal. Em junho, a alta foi de 2,3%, taxa inferior à registrada em maio, quando o índice subiu 2,6%.

As cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro registraram aumento nos preços anunciados de 2,6% e 3,0% respectivamente – taxas iguais a de maio. Já Belo Horizonte, Recife e o Distrito Federal registraram taxas menores do que o mês  anterior: 1,5%, 3,1% e 1,3%, respectivamente. Já Salvador registrou queda de 0,6% no preço médio do m² anunciado.

No ano, o Rio de Janeiro também saiu na frente registrando a maior alta (19,5%), seguido de Belo Horizonte (15,9%) e Recife (15,1%). Em São Paulo, a alta foi de 14%, no Distrito Federal 10,7%, em Fortaleza 9,2% e em Salvador 2,8%.

No acumulado de 12 meses, a maior variação ocorreu no Rio de Janeiro (44%). Em seguida, aparecem São Paulo (29%), Belo Horizonte (28%) e Fortaleza (16%).

Metro quadrado – Desde janeiro de 2008, em São Paulo, o preço anunciado do m² subiu em média 101% em São Paulo e 126% no Rio de Janeiro. Na capital Fluminense, os destaques foram o Leblon, onde o m² médio ultrapassou os R$ 15.000 e Ipanema, onde o preço médio do m² anunciado foi superior a R$ 14.000 também pela primeira vez desde o início da série histórica.

Considerando os bairros pesquisados, o preço médio do m² em junho de 2011 ficou entre R$ 7.689 (Distrito Federal) e R$ 3.406 (Salvador). Em São Paulo, foi de R$ 5.449 e no Rio de Janeiro, R$ 6.572. Na média das sete regiões, o valor do m2 anunciado foi de R$ 5.603.

LEIA MAIS:

Aumentos nos preços dos alugueis são golpes no bolso. Veja como negociar

Certidão de imóveis agora também pela web

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.