12/11/2009

Prédio histórico de Petrópolis será Museu da Cerveja

Fonte: O Globo

Um acordo entre o governo do estado, a prefeitura de Petrópolis e a direção da Ambev vai viabilizar a revitalização do prédio onde funcionou, na cidade serrana, a cervejaria Bohemia, desativada em 2000. O prefeito Paulo Mustrangi anunciou nesta quarta-feira que será implantado um complexo no imóvel, que tem 20 mil metros quadrados. Conforme informou Ancelmo Gois em sua coluna no GLOBO, o projeto de aproveitamento da antiga construção prevê a implantação do Museu da Cerveja, de uma microcervejaria para degustação, de centros de pesquisa de novos produtos e de tradições petropolitanas, além de bares e restaurantes.

“É uma vitória da história de nossa cidade. Estamos nos encontrando com nossas raizes. A fábrica da Bohemia em Petrópolis foi a primeira cervejaria do Brasil. Os seus fundadores, alemães, foram os colonizadores de nossa cidade. Petrópolis era muito conhecida por sua fábrica de cerveja”, disse Mustrangi.

Quem também ficou entusiasmada foi a presidente da Associação de Moradores e Amigos do Centro Histórico da Cidade Imperial de Petrópolis (Ama-Centro Histórico), Myriam Born.

“É muito bem-vinda a notícia. Aquele lugar precisa ter um aproveitamento”, disse.

INVESTIMENTO CONTARÁ COM INCENTIVOS FISCAIS DO ESTADO – Na tarde desta quarta-feira, Mustrangi e o governador Sérgio Cabral conversaram por telefone, fechando o acordo. Segundo o prefeito, o entendimento envolve incentivos fiscais – ou seja, os investimentos que a Ambev fará no complexo serão abatidos de ICMS futuro. Para adequar o imóvel, serão necessários R$ 40 milhões.

O diretor de Relações Corporativas da Ambev, Milton Seligman, informou que, assim que for formalizado o acordo, o projeto começará a ser executado imediatamente:

“A reforma no prédio é grande, mas rápida. Temos condições de concluí-la em um ano”, afirmou Seligman.

Mustrangi contou que esteve em São Paulo três vezes este ano para negociar com a direção da Ambev o projeto de aproveitamento da antiga fábrica da Bohemia. A sua expectativa é que, no centro de tradições petropolitanas, aconteçam apresentações diárias de grupos folclóricos e exposições de artesanato.

A antiga cervejaria foi fundada entre o final de 1853 e o início de 1854. A fachada do prédio é tombada pelo Iphan.

ENCONTRE SEU IMÓVEL NO ZAP:

LEIA MAIS:

FESTIVAL DESIGN DE LONDRES APRESENTA JOVENS CRIADORES

ASSISTA NO ZAP COMO CUIDAR DO JARDIM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.