30/10/2006

Prédios de alto padrão, a aposta para segurar moradores no bairro

Fonte: O Estado de S. Paulo

Logo após o casamento, Beatriz Martins Franco Tarozzo, de 34 anos, trocou o aluguel em Higienópolis pelo apartamento próprio na Pompéia, com três quartos. Adorou o clima de interior, parecido com o da sua cidade, Ribeirão Preto. Também curtiu os barzinhos que começavam a surgir na região.

Seis anos depois, ela agora está grávida pela segunda vez e procura um apartamento maior. A exigência: ser o mais perto possível de onde mora. “Só estou esperando o próximo lançamento de quatro quartos para mudar. Não quero sair da Pompéia.”

Beatriz tem o perfil exato dos novos moradores do bairro, segundo o corretor de imóveis Denis Noffs, da Camargo Dias. De acordo com ele, a construção de prédios com apartamento de quatro quartos é uma prova inequívoca da valorização do bairro. “As pessoas gostaram da Pompéia e não querem sair da região.”

E o número de prédios tem tudo para aumentar, segundo o presidente da Embraesp, Luiz Paulo Pompéia. “O bairro possui quase todas as vantagens de áreas tidas como mais nobres, como a Lapa e a Vila Romana, de um lado, e Perdizes, do outro”, explica Pompéia. “A tendência é de valorização.”

No ano passado, a Pompéia empatou com Perdizes, Jardins e Itaim-Bibi, ficando em 7.º lugar no ranking de bairros com maior número de lançamentos imobiliários. Prova de que a verticalização chegou para ficar. Já a Vila Madalena vive tempos de estagnação, depois do boom nas décadas de 80 e 90.

“Em alguns anos, a Pompéia vai ser a Moema da região, com a vantagem de não estar perto dos aviões”, diz Luiz Paulo Pompéia. “Só que esse processo deve ser feito de forma cuidadosa, de forma a não degradar.”

São vários os motivos para a valorização. Entre eles, o fácil acesso e a proximidade de grandes avenidas, como Francisco Matarazzo, Sumaré e Doutor Arnaldo. E também o fato de estar perto de duas estações de metrô – Vila Madalena e Barra Funda, por onde também passam trens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.