16/11/2009

Prepare-se para emergências

Fonte: Revista ZAP

Saiba o que você precisa ter em casa para não passar apuros em situações inesperadas

(Fotos: Divulgação)
(Fotos: Divulgação)

No dia seguinte ao apagão ocorrido neste 10 de novembro, o noticiário foi preenchido com histórias de gente contando o que viveu enquanto parte do Brasil estava no escuro. Entre as inúmeras situações, havia pessoas relatando seu esforço para espremer o último sopro de vida do celular antes de a bateria acabar e aqueles que tatearam as paredes das escadas até chegar a seus apartamentos.

Também houve precavidos que não ficaram na escuridão, nem perderam seus trabalhos não-salvos na tela do computador no instante em que a energia deixou de correr pelos fios elétricos.

Se você, como eu, prefere estar no grupo de pessoas que não sofreram com a falta de luz e não gosta de passar apuros quando o inesperado acontece, veja algumas providências a tomar para evitar situações difíceis.

FALTA DE LUZ/ABASTECIMENTO DE ÁGUA OU GÁS – Quando o serviço público cessa, é difícil prever quanto tempo você ficará sem o recurso. Por isso, poupe a energia de emergência ou o suprimento de água que tiver armazenado. Mantenha lanternas (carregadas) e pilhas de qualidade em locais de fácil acesso e desimpedido.

Luminárias de emergência custam a partir de R$ 60 e ficam desativadas enquanto houver energia. No primeiro sinal de queda, se acendem automaticamente utilizando sua bateria interna. Assim que a luz volta, desligam automaticamente.

Se você utiliza o computador em casa e não pode correr o risco de perder trabalhos em curso, providencie um no-break, equipamento dotado de um acumulador capaz de manter o micro funcionando por alguns minutos, garantindo tempo para você salvar seus trabalhos e desligar a máquina sem o risco de estragar arquivos.

Para ligar um computador com monitor, impressora e modem, um no-break de 600VA é suficiente e parte de R$ 180. Esta configuração garante até 10 minutos de “vida” após a interrupção de energia.

Um reservatório de água é essencial no caso de pane no fornecimento de água. Quando as torneiras ligadas diretamente ao encanamento da rua secam, pode-se continuar a contar com o recurso armazenado em casa. O ideal é manter, no mínimo, um chuveiro, torneira dos banheiros e da cozinha ligados à caixa d´água. Lembre-se de fazer limpeza periódica a cada seis meses, pois ocorre o acúmulo de terra e sujidades no fundo do reservatório, impossibilitando o aproveitamento total do líquido guardado.

Para aqueles que moram em locais afastados ou de difícil acesso, como sítios ou casas de campo, vale a pena considerar a compra de um gerador a diesel ou gasolina. Para dimensionar o gerador ideal, some as potências de todos os equipamentos que pretende ligar ao sistema de emergência.

Coisas que você precisa ter em casa:
– lanternas (com pilhas carregadas)
– caixa de água limpa de 1.000 litros*
– suprimento de água potável
– mini botijão de gás
– luz de emergência / luminária de emergência

* para famílias com mais de 4 pessoas

PEQUENOS ACIDENTES PESSOAIS – Segundo o Corpo de Bombeiros, um kit de primeiros socorros é uma boa providência para ter uma casa preparada para imprevistos, mas nada adianta ter os suprimentos se não houver uma pessoa com o mínimo de conhecimento para realizar pequenos curativos. Um curso de primeiros socorros é recomendável, que ensine os procedimentos de socorro para ferimentos, ataques cardíacos ou convulsões.

CHUVAS, TEMPORAIS, ALAGAMENTOS OU PRINCÍPIO DE INCÊNDIOS – Os Bombeiros não recomendam que leigos tentem fazer salvamentos sem o mínimo de ferramentas ou preparo em situações de emergência, sob pena de piorar a situação. Um extintor é útil, desde que utilizado por pessoa instruída. Atenção ao tipo de conteúdo. Um extintor do tipo ABC pode ser utilizado em líquidos, sólidos e superfícies eletrificadas. Não use um equipamento de água pressurizada em acidentes elétricos, por exemplo. No caso de enchentes, evite contato direto com a água das ruas. Quando o nível baixar, sempre utilize botas de borracha.

Extintores automotivos podem ser uma alternativa para ter em casa, mas só servem para princípios de incêndio. Sua capacidade de extinção de fogo é bastante limitada.

sos2

COISAS QUE VOCÊ PRECISA TER EM CASA:
– extintor de incêndio
– guarda-chuva
– capa de chuva
– bota de borracha

REPAROS RESIDENCIAIS – Você mesmo pode executar uma série de reparos simples, que não necessariamente requerem auxílio profissional, como instalar uma tomada. Lâmpadas reservas são essenciais, principalmente nos finais de semana e feriados, quando parte do comércio está fechado. Um kit básico de ferramentas pode ser adquirido em lojas de construção.

FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS QUE VOCÊ PRECISA TER EM CASA:
– lâmpadas de reserva
– fita isolante
– par de luva de PVC 26 cm
– martelo de borracha 40 mm
– óculos de proteção
– par de calço de madeira
– máscara semifacial com filtro
– martelo de metal
– jogo de chaves de fenda
– alicate
– estilete

Monte seu próprio kit de primeiros socorros – Existem kits prontos de primeiros socorros que você pode escolher dependendo de seu orçamento, mas tome cuidado ao optar por produtos de baixa qualidade. Comprar os itens separadamente pode ser uma boa opção para fugir de preços elevados e escolher as marcas de sua preferência.

– dois pares de luvas cirúrgicas (látex)
– compressas de gaze
– água oxigenada 10 volumes
– 5 ataduras de crepe
– 2 rolos de esparadrapo
– 2 rolos de micropore (esparadrapo cirúrgico)
– tesoura sem ponta
– soro fisiológico 0,9%
– 1 pinça
– caixa de curativos Band-Aid
– agulha
– garrafa de álcool a 70%
– algodão
– cotonetes
– 1 bolsa em gel
– 1 termômetro

Você pode armazenar alguns medicamentos, desde que observe os prazos de validade e não os utilize sem recomendação médica. Veja o que manter em casa:
– analgésicos
– antiinflamatório tópico (spray/cremes)
– antitérmicos
– antialérgicos
– remédios para náusea
– colírio
– spray antisséptico

Fontes consultadas:
– Decathlon (loja de esportes e equipamentos para acampamento)
– Corpo de Bombeiros da PMESP
– SMS Tecnologia Eletrônica Ltda.
– Enf. Camila Elisabeth Zimmermann Winter

ENCONTRE SEU IMÓVEL NO ZAP:

LEIA MAIS:

GOVERNO ATRIBUI AO MAU TEMPO O MAIOR APAGÃO ELÉTRICO EM 10 ANOS

REDE CBS DIZ QUE HACKERS CAUSARAM APAGÃO DE 2007

4 Comentários

  1. OLÁ,ULISSES!TEXTO, CONTEÚDO, OBJETIVIDADE, PRATICIDADE.CONGRATULAÇÕES!GOSTEI!NA VERDADE, FICA ATÉ DIVERTIDO ENFRENTAR SITUAÇÕES INESPERADAS DE FORMA CRIATIVA E ORIGINAL – “A NECESSIDADE É A MÃE DA CRIATIVIDADE”, NÃO É MESMO?!DIANTE DA POSSIBILIDADE DE APAGÕES PREANUNCIADOS HÁ ANOS ATRÁS, EM MINHA CASA PROMOVEMOS DESDE ENTÃO, A “NOITE MEDIEVAL”,QUANDO À EXCEÇÃO DOS ELETROS CUJA UTILIZAÇÃO É REALMENTE INDISPENSÁVEL, DESLIGAMOS TODO O RESTANTE. UM BOM PAPO, CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS, “CAUSOS”, PIADAS E CANTORIAS SÃO DELICIOSAS À LUZ DE VELAS!OS AMIGOS APROVAM A IDÉIA E ACABAM POR MULTIPLICÁ-LA EM FUNÇÃO DA QUALIDADE QUE PROPÕE, NATURALMENTE!FICA A SUGESTÃO!FRATER!VALÉRIA KÜHL SOFONOFF

  2. Caro Eial Stjmberg, o problema da vela é que seu uso incorre no risco de incêndios, em caso de manuseio inadequado. Lanternas, além de mais eficientes, são completamentes seguras e dispensam velas. Vale lembrar que, em emergências, nem sempre é possível ficar atento a todos os detalhes. No escuro, é mais difícil ver se há comburentes por perto e até de controlar a ação de crianças e animais, que podem se queimar. Atenciosamente, Ulisses Cavalcante/ZAP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.