13/11/2009

Presídios do Rio vão ceder lugar a um conjunto residencial popular

Fonte: O Globo

Erguidos no século VIII, os prédios que abrigaram os presídios Lemos de Brito e Milton Dias Moreira, no Complexo Frei Caneca, no Rio, vão finalmente ceder lugar a um conjunto residencial popular pelo projeto Minha Casa, Minha Vida. O edital para contratar a empresa de implosão já está na mesa de Régis Fichtner, secretário da Casa Civil de Sérgio Cabral.

Numa segunda etapa, também virá abaixo o Presídio Hélio Gomes, o última que resta ali e cuja desativação já foi determinada pela Justiça. A ideia de Cabral é atrair para o novo conjunto moradores do Morro de São Carlos, que fica ao lado. Com isso, espera-se que a favela fique menor e ganhe espaços verdes. Que bom.

ENCONTRE SEU IMÓVEL NO ZAP:

LEIA MAIS:

DUAS CONSTRUTORAS DO PAÍS ESTÃO ENTRE AS MAIORES DE AL E EUA

MUTUÁRIO PODERÁ ECONOMIZAR COM SEGURO DE FINANCIAMENTO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.