29/06/2010

Projetos de arquitetura reservam cantinhos especiais para coleções

Fonte: O Globo

Quem tem uma coleção, seja lá do que for, é declaradamente apaixonado por aquele determinado objeto ou assunto. Pensando em preservar melhor as coleções, arquitetos estão incluindo nos projetos cantinhos específicos para guardar as peças de forma adequada. Muitas vezes, elas ganham destaque no ambiente, virando parte integrante da decoração da casa. 

No armário-estante com portas de vidro e iluminação, as bonecas viram item da decoração
No armário-estante com portas de vidro e iluminação, as bonecas viram item da decoração

A arquiteta Patrícia Paixão tirou proveito de uma coleção de bonecas e incluiu no quarto da dona um armário-estante com prateleiras e portas de vidro para acomodá-las. Para ressaltar ainda mais as peças, spots de luz foram posicionados estrategicamente.

Os globos de vidro foram acomodados em pequenas estantes no escritório
Os globos de vidro foram acomodados em pequenas estantes no escritório

“A menina é adolescente, mas já tem esta coleção há muito tempo. Era necessário colocá-las no armário fechado para proteger e conservar as bonecas. E a ideia era fazer um armário expositor para mostrar as relíquias. Como toda coleção, algumas bonecas são muito caras, o que as torna também decoração para o quarto”, ressalta Patrícia.

Em um projeto de Christiane Laclau e Rafael Borelli, pequenos globos de vidro com maquetes dentro, trazidos pelo cliente de diferentes partes do mundo, foram acomodados em três pequenas prateleiras no escritório, ocupando apenas o espaço necessário. Quem entra no ambiente não resiste e confere a miniatura escondida em cada um deles.

 

As centenas de livros ganharam um armário com portas, estando abrigados sem ficarem inacessíveis
As centenas de livros ganharam um armário com portas, estando abrigados sem ficarem inacessíveis

Na sala de jantar e estar de um apartamento localizado em Niterói, um casal com dois filhos adolescentes precisava de um local onde fosse possível acomodar as centenas de livros sem, no entanto, dar ares de biblioteca ao ambiente. Partindo deste ponto, a ideia da designer de interiores Andréa Vivas foi acomodar todos os livros em estantes ocultas. Para isso, foram criadas estantes com portas “fecho-toque”, que ficam com a aparência de painel.

“Fazendo fundo para a sala de jantar, vários painéis compõem o ambiente e escondem as estantes com os livros, guardando-os de poeira e luz e, desta forma, preservando-os, sem torná-los inacessíveis. A iluminação oculta dentro do rasgo joga luz para os painéis, quando fechados, e para os livros, quando estão sendo manuseados, fazendo uma composição harmônica com o lustre de murano que foi herança de família. Uma parte aberta é assumida como estante e divide o ambiente de estar e de jantar. Esta parte, por sua vez, se apóia em uma mesa acoplada ao móvel, que funciona como apoio ao sofá “, destaca Andréa Vivas.

LEIA MAIS:

BAMBU PRENSADO: ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL AO USO DE MADEIRA CONVENCIONAL

PREPARE SUA CASA PARA O BICHO DE ESTIMAÇÃO

DICAS PARA ARRUMAR QUADROS PELOS AMBIENTES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.