06/10/2009

Projetos de decoração com soluções alternativas para quadros, revistas e porta-retratos

Fonte: O Globo

fugir do lugar comum, arquitetos investem em outras opções para expor em casa

Rio – No lugar de pregos e estantes, prateleiras estreitas de apoio a quadros e livros. Para fugir do lugar comum, arquitetos investem em alternativas para expor em casa: telas de arte, fotografias, revistas e obras de grandes escritores. As soluções criativas dão aos ambientes um ar sofisticado, além de evitar as perfurações em paredes.

Prateleiras de 12cm x 15cm foram incorporadas ao corredor de um apartamento projetado pela arquiteta Eliane Fiúza. A idéia partiu do gosto da cliente por fotografia. O projeto procurou valorizar os espaços de circulação. “Às vezes a pessoa por não saber como distribuir fotos e obras de arte pela casa, acaba deixando os ambientes com visual poluído. As prateleiras podem organizar todo esse material e transformar até um lugar de passagem em uma galeria. É uma solução que não sai cara. Além disso, valoriza as obras com sua organização e boa visibilidade”, explica Eliane.

À esquerda: Projeto de Christiane e Rafael Borelli. À direita: Corredor com prateleiras para quadros e porta-restratos, de Eliane Fiúza. (Fotos: O Globo)
À esquerda: Projeto de Christiane e Rafael Borelli. À direita: Corredor com prateleiras para quadros e porta-restratos, de Eliane Fiúza. (Fotos: O Globo)

No projeto dos arquitetos Christiane Laclau e Rafael Borelli, prateleiras estreitas de 14 cm de profundidade foram colocadas no quarto e na cozinha para exibição de quadros e revistas da moradora. “A cliente é jornalista e gosta de ter as suas publicações favoritas sempre à mão. Optamos por fazer um revisteiro, onde nada estivesse empilhado. Tivemos o cuidado de fazê-lo inclinado, pois era a única forma de evitar que as revistas tombassem para frente. Quanto à prateleira de quadros, foi nossa opção deixá-la flexível para facilitar a mudança das obras em exposição. Este é um hall social, todo revestido em freijó lavado. Conservá-lo em bom estado, sem furos de parafusos era nossa prioridade”, diz a arquiteta Christiane Laclau.

O arquiteto Luiz Fernando Zaborski, que tem projetos de galerias de quadro e revistas para residências, em parceria com a Todeschini, acredita que esses materiais, quando expostos adequadamente, conseguem se destacar nos ambientes e dar um ar sofisticado à decoração. Além disso, no formato de prateleiras, o morador tem a comodidade de poder mudar com facilidade todos os objetos em exposição e assim compor rapidamente um novo visual ao espaço da sala, do quarto ou do corredor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.