23/05/2006

Quando os filhos saem é hora de redecorar a casa

Fonte: Editoria Zap

Recursos simples de decoração e arquitetura ajudam a diminuir a sensação de “vazio”

Quando os filhos passam no vestibular ou se casam é sempre um momento de alegria para os pais. Mas muitos também reclamam que após a saída “das crianças” a casa costuma ficar vazia e tristonha. O arquiteto Silvio Heilbut, que já passou por isso, tem boas dicas e avisa que é possível atenuar esta sensação com alguns recursos simples de arquitetura e decoração.

Heilbut cita como exemplo a sala de jantar de um apartamento dos anos 60 que ganhou charme e estilo com apenas algumas alterações. “Após a mudança dos filhos para suas próprias casas, o casal de proprietários queria um layout mais contemporâneo, porém sem muitas alterações nas características originais do local que guarda boas lembranças e recordações para a família”, explica o arquiteto.

Para criar um clima mais aconchegante e diminuir o “vazio”, o arquiteto rebaixou o forro da sala de estar formando uma sanca com luminárias embutidas. A parede divisória entre a sala de jantar e a de estar recebeu tinta vermelha, que também traz sensação de conforto e aconchego, assim como as persianas verticais, que correm horizontalmente permitindo abertura total ou parcial e proporcionam um ótimo controle de luminosidade.

Heilbut optou por aplicar um tapete claro sobre o piso original em taquinho, garantindo um certo ar retrô para o apartamento, e deu ao ambiente um clima mais jovem com a troca dos móveis escuros em jacarandá por peças em madeira clara. Esculturas e quadros com muitas cores completam e dão mais vida ao ambiente.

O arquiteto destaca, ainda, que a mesa de jantar é retangular para seis pessoas, mas pode acomodar até dez nos momentos de reuniões e comemorações em família, quando os filhos e netos enchem de novo a casa de barulho e alegria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.