17/04/2012

Quem declara reformas no Imposto de Renda pode elevar o valor do imóvel

Quem declara reformas no Imposto de Renda pode elevar o valor do imóvel

Fonte: Revista do ZAP

Benefício é válido apenas para quem guarda todas as notas de despesas de materiais de construção e mão de obra. Prazo para entrega do IR 2012 termina em 30 de abril

Proprietários de imóveis que fazem benfeitorias podem aproveitar para incorporar as despesas no valor do imóvel na hora de declarar o Imposto de Renda. O recurso já pode ser utilizado há vários anos, mas para isso é preciso guardar as notas de todas as despesas.

Para a Receita Federal, o valor declarado de uma casa ou apartamento sempre será aquele pago pelo contribuinte no momento da aquisição, mesmo que com a valorização imobiliária, o bem esteja valendo mais. O único jeito do contribuinte elevar o valor do bem na declaração, para obter uma diferença menor de ganho de capital na venda do bem, é somando ao imóvel os valores gastos com reformas.

A cada reforma, é preciso guardar todas as notas fiscais de gastos com materiais de construção e também com a mão de obra. A soma de todas essas despesas é incorporada ao valor do imóvel, mas se o pedreiro não tiver fornecido recibo ou nota pelo serviço, o contribuinte não poderá somar esse valor, apenas do material utilizado.

“Quando houver a venda do bem o contribuinte vai ter um beneficio, pois o valor do custo do imóvel vai ser maior, diminuindo o ganho de capital, que tem incidência de até 15% de imposto”, explica o contador Célio Levandovski.


Leia mais:
>> Patrimônio imobiliário sempre deve ser declarado no Imposto de Renda
>> Saiba como declarar financiamento de imóveis
>> Veja como declarar a venda e aluguel de imóveis no Imposto de Renda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.