04/02/2007

Recursos para segurança são os mais pedidos

Fonte: O Estado de S. Paulo

Os avanços tecnológicos estão presentes nos condomínios residenciais há bastante tempo. E os primeiros itens a chegar às casas e apartamentos foram os que ajudam a reforçar a segurança. Redes de câmeras, sistemas de alarmes, detectores de presença são comuns e já bastante difundidos não somente nos novos projetos de lançamentos como também nos prédios antigos.

Mas algumas novidades do mercado têm conquistado os moradores e parece que serão populares logo. Uma das vedetes hoje são as fechaduras biométricas – que abrem por reconhecimento da impressão digital. O acesso pode ser programado. “Você pode determinar os dias e a hora que a sua empregada pode entrar em casa”, afirma Fábio Romano, gerente de Incorporação da Company. O sucesso tem sido tanto que a construtora já pensa em entregar todas as unidades de um empreendimento com o item já instalado.

Outra novidade que pode interessar aos consumidores é o sistema de câmeras CSTV. “Hoje, o sistema interno de TV reveza as imagens de uma câmera para outra. Com este novo sistema, você pode controlar as câmeras”, afirma a arquiteta Fernanda Belotto.

De acordo com Luiz Henrique Ceotto, diretor de Projeto e Construção da Tishman Speyer, uma novidade que está em estudo pela empresa é a instalação de sensores de presença acionados por meio de chips.

O sistema é indicado, por exemplo, para a mãe que quer localizar a criança dentro do condomínio. O chip é pregado por um alfinete na roupa do filho e a câmera é capaz de captar as imagens do lugar onde ele estiver. “Ela liga a TV e sabe por onde a criança passa”, afirma.


Leia também

A casa ligada no controle remoto

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.