28/09/2012

Refúgio para degustação: adegas ganham destaque em projetos exclusivos

Refúgio para degustação: adegas ganham destaque em projetos exclusivos

Fonte: Revista do ZAP

O vinho reina absoluto em três ambientes diferentes, que também são utilizados para relaxar e se reunir com os amigos. Confira

Apreciar vinhos vai muito além do sabor. A bebida tem características tão especiais que, para alguns, merece atenção e espaço exclusivos em casa. As adegas ganham destaque e servem para reunir amigos, descontrair e relaxar. Conheça três projetos dedicados à degustação:

Adega em cobertura no bairro Bela Vista, em Porto Alegre
Projeto: Lacava (arquiteta Flora Detanico)
O morador desta cobertura decidiu investir em um espaço para se dedicar melhor a seu novo passatempo: o conhecimento de vinhos. Além de um ambiente com tecnologia avançada, queria um projeto que fosse visualmente bonito.

A adega escolhida conta com sistemas de refrigeração ecológica, valorização dos rótulos, redução de vibrações entre as garrafas e até mesmo um software especializado que auxilia o gerenciamento. O custo do projeto ficou em torno de R$ 60 mil.

Divulgação / Lacava

No ambiente de 7m² cabem de 500 a 600 garrafas dispostas na parede exclusiva para os vinhos. Há também uma cave climatizada que comporta 80 garrafas e é reservada para vinhos brancos e espumantes. Além disso, outros nichos foram projetados para bebidas diversas e objetos de decoração.

Divulgação / Lacava

“Depois de garantida a qualidade da refrigeração, o segundo ponto é transformar a adega em uma peça de arte. Nesse momento, são pensados os materiais, acabamentos e acessórios”, comenta Flora. Os materiais utilizados foram madeira, vidro, alumínio, piso vinílico e iluminação com LED.

Adega e home office apartamento em Uruguaiana
Projeto: Ana Paula Schmitz e Fabiana Fagundes
Um lugar para trabalhar, mas também relaxar: essa foi a solicitação do proprietário deste apartamento na fronteira do Rio Grande do Sul. Advogado, casado e pai de duas filhas, o morador aproveitou a ampliação do imóvel para montar uma peça anexa ao escritório, que foi transformada em adega em uma obra que levou 60 dias. Materiais como madeira, palha e couro tornaram o ambiente acolhedor, em uma proposta mais tradicional e bem masculina. “A mesinha e as cadeiras rústicas tornam o espaço agradável para relaxamento e degustação dos vinhos e espumantes”, explica Ana Paula.

Ana Paula Schmitz

O ambiente de 7,3m² é composto por frigobar, cave climatizada e prateleiras tipo calha para livros especializados. É possível armazenar 170 garrafas deitadas dentro dos nichos e 15 na cave, reservada para os vinhos especiais. As aquisições recentes ficam em caixas nas prateleiras escondidas pela porta de correr espelhada.

Ana Paula Schmitz

A ausência de janelas no local ajuda a manter a temperatura constante, ideal para a conservação das bebidas. A coleção de rolhas do proprietário foi incorporada à decoração, em uma caixa em vidro com rodízios para armazenar as já existentes e as que estiverem por vir.

Ana Paula Schmitz

Adega em apartamento no bairro Bela Vista
Projeto: Studio LiVi (arquiteta Viviane Maglia e designer Lisiane Scardoelli)
A proposta era projetar uma área social de convívio e descontração para receber amigos e familiares. O espaço integrado de 100m² do apartamento no bairro Bela Vista, em Porto Alegre, demonstra que, para se ter uma adega em casa, não é necessário um espaço exclusivo: reúne sala de estar e jantar, com espaço gourmet, churrasqueira, bancada de armazenamento e local para degustação de vinhos. Para isso, foi utilizada uma estrutura contemporânea de conservação, que comporta até 160 garrafas dispostas em favos na parte superior do móvel sob medida e na cave climatizada que conta com controle de temperatura e umidade.

André Cavalheiro

“O ambiente não foi projetado apenas para armazenar adequadamente o vinho, mas também para poder apreciá-lo, num clima aconchegante”, explica a designer Lisiane. A bancada em frente à adega foi projetada sob medida, parte em granito preto. Incorpora espaços para armazenamento de louçaria e taças, além de frigobar, cafeteira e chopeira. Bancos altos complementam o projeto.

André Cavalheiro

Para os detalhes do espaço gourmet, a parede da churrasqueira foi revestida com madeira de demolição. A churrasqueira foi revestida em inox internamente e individualizada do ambiente de jantar através de uma porta de correr de vidro temperado.

André Cavalheiro

Tags: arquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.