22/04/2013

Rio entra na lista das 10 cidades com imóveis mais caros no país

Os bairros que mais contribuíram para a alta nos preços foram Botafogo, no qual o metro quadrado está R$ 13.520, e Barra da Tijuca, onde os valores subiram para R$ 8.720

Fonte: ZAP Imóveis

Os bairros que mais contribuíram para a alta nos preços dos apartamentos cariocas foram Botafogo, no qual o metro quadrado está R$ 13.520, e Barra da Tijuca, onde os valores cobrados subiram para R$ 8.720

Apesar da alta significativa, o Rio ficou bem atrás de Brasília, líder da pesquisa com o metro quadrado a R$ 11.030, em média (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

Apesar de contar com bairros tradicionalmente caros para se morar, como Copacabana, Ipanema ou Botafogo, a cidade do Rio de Janeiro só entrou na lista dos 10 lugares com os imóveis mais valiosos ao término do ano passado.

Segundo o Anuário do Mercado Imobiliário do Brasil 2012, divulgado pela Lopes, empresa de consultoria e intermediação de imóveis, a capital fluminense foi a nona cidade com o metro quadrado mais caro do país até o último mês de dezembro.

Os preços dos lançamentos, em média, chegaram a R$ 5,8 mil, o que fez o principal município do Estado subir duas posições em relação ao que ocupava no ranking de 2011.

Os bairros que mais contribuíram para a alta nos preços dos apartamentos cariocas foram Botafogo, no qual o metro quadrado está R$ 13.520, em geral, e Barra da Tijuca, onde os valores cobrados subiram para R$ 8.720.

Regiões nobres como Copacabana e Ipanema não receberam lançamentos no período analisado.

Tijuca, com R$ 8.330, Camorim, com R$ 8.220, e Grajaú, com R$ 7.000, também foram distritos que tiveram os preços dos imóveis mais valorizados do que os seus vizinhos.

Em 2012, a cidade do Rio de Janeiro recebeu 119 empreendimentos, com 261 torres, e 14.503 unidades lançadas. O VGV (Valor Geral de Vendas) chegou a R$ 6,76 bilhões, cerca de 70% do total vendido em todo o Estado.

Apesar da alta significativa, o Rio ficou bem atrás de Brasília, líder da pesquisa com o metro quadrado a R$ 11.030, em média. Santos e São Paulo completaram a relação das cidades que contam com os imóveis mais caros do Brasil, com R$ 6.920 e R$ 6.870, respectivamente.

18 Comentários

  1. Eu tenho uma quitinet aqui no dona quita acho chiquerrimo. eu me pareço com o somadruga idai ne importante e o carate

  2. Por conta da Copa das Confederações, Copa do Mundo, Olimpíadas e outros eventos internacionais que a cidade Maravilhosa sediará é natural o investimento pesado das Construtoras tanto em residencial como em hotelaria e também em salas comercial e em novos shopping e com certeza o metro quadrado tende a ser um dois mais caros do Brasil e isso é questão de tempo.E com isso vários investidores tanto de toda parte do Brasil como do exterior tem investido na compra de imóveis no Rio e a Cidade agradece.Consultor imobiliário Denilson Guanabara Tel: (021)74660013.

  3. Acho que o Rio já estava entre os tres primeiros nessa escala.Tudo começou por Leblon e Ipanema. Se levarmos em consideração Leblon e Ipanema com valores que vão de 15000 a 40000m2(orla).Os outros bairros da zona sul vieram nessa onda sendo que Botafogo e Barra por causa dos espaços para construção.

  4. Gostaria de saber se há apartamento no quarteirão entre Maria Quitéria e Henrique Dumont, Ipanema, em rua transversal (Nascimento Silva, Redentor…) com aproximadamente 150 metros. E o preço?

  5. Isso é ótimo! Espero que toda infraestrututa que está prometida para a região compreendida entre o Rio2 e o Rio Centro, seja concluída.

  6. Não acho que os preços em referencia nesta reportagem façam jus da realidade, principalmente em SP onde os preços estão bem mais caros do que R$ 6.870.

  7. sso é ótimo! Espero que toda infraestrutura, que está prometida para a região compreendida entre o Rio2 e o Rio Centro, seja concluída.

  8. Meu imóvel tem 200 metros quadrados na tijuca (rua pereira barreto, só casas)e um corretor sacana disse que ela só valia 500.000. Um terço do valor real…

  9. Como pode o Rio ter ficado atras de Brasilia conforme anunciado na matéria se o RJ tem o preço do imóvel a 13.520,00 e Brasilia 11.030,00, neste caso o RJ não estaria na frente?

  10. Isso é uma tremenda sacanagem com quem ain da vive de aluguel, e como se não bastasse o preço de venda caríssimo, os aluguéis tab estão uma vergonha, e para alugar ainda tem uma dificuldade enorme para se arranjar um fiador ou ser esplorado pelas seguradoeas e bancos safados. Mas aguardem que isso tudo vai ter um fim, porque a pouca vergonha vai acabar, ou vcs acham que o Brasil vai continuar coma doce ilusão de um país em crecimento, a ingflaão já chegou, vai ter gente arrastando seu lombinho no ASFALTO PARA PAGAR SUAS DÍVIDAS ASSUMIDAS E OS APROVEITADORES VÃO LEVAR CALOTE E FICAR AMARGANDO O SEU IMÓVELZINHO DESVALORIZADO..

  11. realmente a situação ta compricada so tem um jeito e ir pra dinamarca o pais com a menor desigualdade social do mundo

  12. Acho que esta bolha ja esta pra estoura..moro em goiania e os imovel ja subiram mais de 1000% nos ultimos 3anos.. isso e uma vergonha pro governo fazer o pobre de alavanca do empressario,, todo estao ganhando e muito e o podre de lascando pra pagar parcelas aultissimas… ESSA BOLHA VA ESTOURRAR

  13. Gostaria de sugerir a todos que acessem o blog bolhaimobiliaria, está no google, e concluam por si próprios que os preços praticados hoje no mercado estão irreais e que o mercado não tem mais crescido como antes. Em breve veremos a queda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.