06/03/2013

Saiba como declarar o imposto de renda do seu imóvel

Fonte: ZAP Imóveis

Fique atento, pois o prazo para a entrega do Imposto de Renda termina no dia 30 de abril

A compra de imóveis, financiamento e consórcio devem ser declarados no IR

Já foi dada a largada para a declaração anual do Imposto de Renda.  Para este ano, é esperado a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2013 (ano-base 2012) de 26 milhões de contribuintes. Porém, muitos ainda têm dúvidas sobre como declarar seu imóvel. Para isso, o advogado João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências), esclarece alguns dos questionamentos. Fique atento, pois o prazo para a entrega do Imposto de Renda termina no dia 30 de abril.

Na compra do imóvel em 2012 como declará-lo no Imposto de Renda?
AMSPA: Todas as aquisições de imóveis em 2012 devem constar da declaração do Imposto de Renda, inclusive os adquiridos através “Contrato de Gaveta” (quando o contrato de compra e venda não é registrado no cartório). Na “Declaração de Bens e Direitos”, o mutuário deve incluir todos os detalhes sobre a propriedade, como endereço, metragem, nº da matrícula e o Cartório de Registro de Imóveis, nome do vendedor com o CPF ou CNPJ entre outros e informar apenas o valor pago no ano vigente. Mas se o bem foi adquirido nos anos anteriores, basta importar a declaração antiga. Também não deve esquecer-se de informar o quanto pagou, no ano de 2012, de parcelas e prestações na compra do imóvel financiado e indicar o(s) credor(es) com o CNPJ e o saldo devedor. São informações valiosas para demonstrar que o imóvel não foi comprado à vista o que geraria no aparecimento de rendimento bem maior.

Qual valor deve ser declarado para o imóvel?
AMSPA: Se o imóvel foi adquirido após 1988, os custos de acréscimos da obra deverão constar da declaração, ou seja, reformas de ampliação da casa e benfeitorias dentro imóvel, juntamente com preço da propriedade é o que consta da escritura. Esses dados devem ser inserido na coluna “Discriminação”. É importante descrever a reforma e o valor gasto, como também guardar todos os recibos e notas fiscais por cinco anos, para a comprovação do custo da obra. Sempre observando que esses valores declarados devem estar dentro do limite das “rendas líquidas” dos anos anteriores e do ano-base. Para os imóveis adquiridos a partir de janeiro de 1996, o aconselhável é utilizar como referência os dados da escritura ou do contrato na “Declaração de Bens e Direitos”.

Como proceder se houve a utilização do FGTS para quitar ou comprar um imóvel?
AMSPA: Nos casos da utilização do FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, seja para quitar ou comprar a casa, o valor deve ser colocado em “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”. Como também deve ser deduzido na ficha “Bens e Direitos”. É necessária a sua inclusão para a comprovação do aumento do patrimônio do contribuinte.

Como deve ser feito em situações em que o saldo devedor do financiamento do imóvel é quitado em decorrência de invalidez permanente ou falecimento do mutuário?
AMSPA: O valor não deve ser tributado no Imposto de Renda já que no contrato na compra da propriedade estão garantidos tanto os seguros “Morte e Invalidez Permanente” (MIP) como o de “Danos Físicos ao Imóvel” (DFI). Para isso informe na ficha “Rendimentos Isentos e Não-Tributáveis” o valor pago da apólice pela seguradora. Já na ficha “Bens e Direitos” deve constar o valor somado do saldo anterior das parcelas quitadas ao do saldo devedor pago pela seguradora.

Ainda com dúvidas? O ZAP Imóveis e a Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências vão te dar uma forcinha. Deixe um comentário aqui na revista ou publique a sua pergunta na Fan Page do ZAP Imóveis até o dia 15/03. As respostas serão divulgadas no dia 01/04.

78 Comentários

  1. estou vendendo um imovel e em seguida comprando um terreno para começar a construcao de outra casa residencial.Neste caso o imposto incidira sobre o valor total,ou apos abatimento do valor do terreno e custo da obra.

  2. Vou pagar neste ano um IPTU de R$730,00 de meu imóvel, ai ainda tem o IR… esse valor, por ser um imposto, deveria ser abatido na declaração… bem como IPVA. Sei que são impostos distitos, mas são valores “Impostos” que já saíram de minha “Renda”. Será q algum Deputado ou Advogado ou OAB não alavanca essa causa???

  3. Comprei um imóvel por R$30.000,00 em 2009 e já gastei por volta de uns R$100.000,00 em reforma e construção de uma piscina. Como devo i9nformar isso ao fisco sendo que a maior parte destes gastos foram com cartão construcard?

  4. onde declarar o consorcio de imovellanço valor da carta de creditolanço o valor pago em 2012lanço o que devo para o consorcioaonde lançaratt jerson

  5. Compramos um apartamento no Brasil,(meu marido é europeu, eu sou brasileira)e segundo o acordo bilateral que existe entre España e Brasil o imóvel deve ser declarado aqui,o que já fizemos, agora vem uma duvida o que devo fazer, ou como devo proceder com a justiça brasileira?Obrigado.

  6. Os valores de condominios pagos do imovel durante o ano pode ser acrescido no valor declarado do imovel ?

  7. adquiri um imóvel atraves do SFH em 20 anos de 1988 a 2008, como devo regularizar junto a SRFB, pois nesse período eu não estava obrigado a apresentar declaração, e só apresentei declaração nos anos que tive imposto retido a recuperar?

  8. Tenho um apto no CDHU que adquiiri em 1998 atravéz de uma permuta em razão do meu divorcio eo meu unico imovél, valor venal 40.000,00 valor de mercado em torno de 150.000, ocorre que nunca declarei este imovel pois não tenho a escritura ainda somente contrato de gaveta.Me ajude pois quero declarar esse apto.Muito obrigado

  9. Comprei um imovel em 2008 pela caixa usei FGTS para ajudar na compra, finacei o saldo devedor mas não declarei em 2009 nem 2010 pois estava desempregada. comei trabalhei em 10 março 2010 e nunca declarei. Gostaria de saber se posso declarar esse ano 2013. E se posso usar o FGTS para quitar o imovel agora.

  10. Assinei contrato de compra de um imóvel em 2011 com vistas ao financiamento em 2012. Devido a problemas financeiros me vi obrigada a desfazer o contrato em 2012 e recebi de volta o valor pago. Declarei o imóvel no IR de 2012, e este ano, como faço?

  11. Meu pai tem 81 anos, e em 2012 vendeu um imóvel com financiamento pela CEF, pelo valor de R$.80.000,00, o mesmo imóvel não estava declarado, é obrigatório declarar a venda? no caso de sim, ele é obrigado a pagar IR sobre a venda? desde já obrigada.

  12. Tenho uma casa onde moro, adquiri um terreno no mesmo municipio em 2012 e pretendo adquirir um sitio em 2013, todos no mesmo municipio e registrados em cartorio. O terreno e sitio são como investimento e pretendo vender ainda este ano um deles. q imposto pagarei? posso comprar por minha empresa EPP? é melhor?

  13. Tenho uma casa comprada em 2001 quando ainda era casada. Me divorciei em 2011 e não sei se devo declarar o imóvel ou apenas meu ex-marido na declaração dele.

  14. Comprei um imovel o valor de R$ 260.000,00,a escritura foi passada por R$ 150.000,00, porem a vendedora quer declara o valor real r$ 250.000,00 pode?

  15. Sempre coloquei na minha declaração o valor venal do meu imóvel, mesmo tendo feito benfeitorias nele em anos anteriores. posso atualizar o valor agora contabilizando todos os gastos anteriores?Ademais, pretendo vender este imóvel para quitar um imóvel na planta que comprei anteriormente, vai ter a incidência de IR sobre a minha venda? Tenho que pagar lucro imobiliário?Tenho um outro imóvel que recebi por doação devido a separação de meus pais, isto em 1994, sendo que o imóvel foi adquirido em 1984. Nestes anos foram feitas diversas construções e reformas, e agora pretendemos vendê-lo, como eu faço o cálculo do valor de aquisição para fins do lucro imobiliário? eu calculo a aquisição em 1983 ou 1994?Obrigado desde já.

  16. Até que valor o imóvel não precisa ser declarado no IR? Sou dependente da minha mãe no IR (sou divorciada e estou desempregada, minha mãe vendeu um apartamento(em nome da minha mãe) e com este dinheiro, está comprando uma casa em meu nome, tenho que fazer declaração ou posso continuar como dependente dela? E como faço?

  17. Comprei um terreno em 2010 por R$85 mil e construi minha casa, a casa pronta vale aproximadamente R$480 mil, não me lembro de como declarei isso nos anos anteriores, o terreno tem financiamento da Caixa, qual a maneira correta de declarar isso? Não quero correr o risco de fazer errado e ter alguma consequencia desagradável pela frente.

  18. Como declaro imovel comprado na planta em 2012, com previsão de entrega em 2015?Posso fazer doação de um imóvel residencial para meu filho? Tem imposto sobre essa transação?

  19. Em 2012 comprei financiei a compra de um terreno e também a construção de uma casa, porém como isto aconteceu no final do ano só recebi o dinheiro de quitar o terreno, a construção começou em dezzembro de 2012, mas não recebi nenhum dinheiro da caixa até o final do ano.Usei também parte do fundo de garantia e recebi da caixa um extrato da seguinte forma:Juros: 869,98seguros: 196,08taxas : 75,00multa : 22,80mora: 12,19diferença teórico/pago: 606,68total pago ref prest. mensais: 1782,73fgts na contratação: 13760,00fgts utlizado: 13760,00total pago no exercicio: 15542,73saldo devedor em 31/12: 45408,38Me ajudem não sei como lançar estes valores, também a construção não terminou.

  20. . Em 2004, comprei um terreno que nunca declarei no ir, fiz a minha casa, mas não guardei os recibos para comprovar a construção. Eu queria declarar este ano, mas não sei se posso declarar a casa direto? Como posso fazer?

  21. venho declarando um consorcio declarações anteriores, foi contemplado ano 2012 com carta credito imovel não utlizada, gostaria de saber como faço para declarar esse valor carta credito, se é em 31,12,2012m e as demais parcelas, onde continuo declarando?, obrigada

  22. Tenho um terreno adquirido em 2000 no nome do conjugue e nunca foi declarado. Foi realido uma construção (casa) qu etambém não foi declarada. Como regularizar esta situação?

  23. Nao tenho casa propria, moro em cima da casa da minha mae. Mais ano passado fiz reformas. Tenho que declarar ou nao as notas fiscais do material de construcao?

  24. Olá Simone Gomes, Se o fato ainda não ocorreu, ou seja, não ocorreu em 2012, a venda do imóvel fica condicionada ao pagamento do IR sobre os “ganhos de capital”, isto é, o lucro que obteve entre o valor do imóvel declarado no ano passado e o valor da venda neste ano. O imposto é de 15% sobre o lucro, recolhido até o último dia útil do mês seguinte ao mês da venda. Fica isento se adquirir o terreno e nele construir outra casa no prazo de 180 dias.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  25. Olá dilma pinheiro alves sarraf, Declare na ficha bens e direitos o imóvel adquirido (código 01 – residência) detalhando o imóvel em “discriminação”, inclusive o vendedor e o empréstimo bancário. Declare o valor da compra, o valor pago em 2012, cuidando para que o valor pago esteja condizente com os rendimentos declaradosAtenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  26. Olá jerson pagan, No caso de consórcio, ainda, não contemplado, na ficha “Bens e Direitos”, no código 95, deve ser informada, no campo Discriminação, essa participação no consórcio, valor da “Carta de Crédito” e a administradora, bem como a soma das parcelas pagas em 2012 . No campo “Situação em 31/12/2011”, se for o caso, repetir o valor já declarado no exercício de 2012. No campo ”Situação em 31/12/2012 ”, informar o valor declarado no Ano de 2011, acrescido dos valores pagos em 2012.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  27. Olá Maurício CunhaSe os gastos com as reformas e benfeitorias somados ao valor da compra não excedem a R$440.000,00 e é o único imóvel, não há problemas em fazer constar ou não o imóvel na declaração. Observe apenas se esses gastos condizem com os rendimentos informados nas declarações desde 2010. Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  28. Olá Van Garrido, Se o casal mora fora do Brasil há mais de um ano, ambos ou somente a brasileira tem CPF/MF, precisa ter feito à Receita a “Declaração de Saída Definitiva” e estará desobrigado(a) de prestar a declaração, mesmo que venha a adquirir imóvel no Brasil, ou seja, está dispensado(a) de fazer a declaração. Contudo, caso volte a morar no Brasil, na primeira declaração deverá informar a aquisição do imóvel pelo valor da compra. Quem volta e permanece no Brasil até 184 dias dentro de um ano e retorna ao exterior, continua como não-residente e sem obrigação de declarar, ou seja, 6 meses aqui e 6 meses lá, não tem a obrigação de declarar. Se o casal já fez a declaração este ano, embora não tivesse a obrigação, não altera em nada, permanece como não-residentes. Se mudou para a Espanha e não fez a “Declaração de Saída Definitiva”, poderá estar sendo vista pelo “Leão” como, ainda, residente aqui e eventuais transferências de valores para o Brasil serão tidos como rendimentos tributáveis. Ai, provavelmente, possa estar havendo execução judicial. Se isto estiver acontecendo, deverá contratar advogado para obter acordo e por fim à demanda, inclusive, fazendo a dita declaração de saída. Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  29. Olá gil duarte, Não. O valor do imóvel só pode sofrer alteração no caso de reformas ou melhorias devidamente comprovadas.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  30. Olá CLAUDEMAR ERMETIO DIS, Quando fez declaração e estava obrigado a informar a propriedade por exceder o limite máximo da isenção, deverá retificar as declarações dos últimos cinco anos e manter neste ano com o mesmo valor. Contudo, se o valor do imóvel sempre foi inferior ao limite, este ano vc declara se quiser, informando o preço de 1988 atualizado para o Real.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  31. Olá Vera Martinez, Valor venal ou de mercado não importa para o IRPF, o que importa é o valor da permuta ou seja, do “contrato de gaveta” que já deveria ter sido declarado em 1999 se excedesse ao limite máximo da isenção. Se fez reforma ou melhorias no imóvel no decorrer dos anos, pode retificar as declarações dos últimos cinco anos atualizando o valor do imóvel pelos gastos que teve a cada ano. Este ano declare com o valor atualizado, se for o caso.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  32. Olá Fátima, Provavelmente vc estava isento(a) de prestar declaração do IR pelo salário que recebia, nos anos de desemprego e o valor do imóvel estava abaixo dos limites. Voluntariamente pode declarar este ano e não há nenhum impecilho em usar 80% do FGTS para quitar.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  33. Olá Sáshala Maciel, Neste ano dê baixa na compra do imóvel explicando o cancelamento da compra.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  34. Olá Sueli Maria, Sendo o único imóvel do pai não está obrigado ao pagamento do IR por “ganhos de capital”.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  35. Olá Valter Donizete, Quando efetuar a venda, deverá recolher o IR sobre o lucro obtido entre o valor constante da última declaração e o preço da venda.Imposto sobre “ganhos de capital” que deverá ser recolhido até o último dia útil do mês seguinte à venda, ainda, que a prazo Pode comprar em nome da empresa se o valor da compra condiz com o capital e o dinheiro em caixa ou banco, cuidando com os limites permitidos para empresas de pequeno porte.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  36. Olá Silvia Maria Sousa, Com o divórcio já deve ter havido a partilha. O imóvel é declarado pelo ex-cônjuge que ficou com o imóvel ao final da partilha.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  37. Olá denize Vidal, Pode. O imposto de renda será maior para a vendedora e para o comprador é importante que o valor do imóvel seja declarado pelo valor real da compra. Apenas observe a relação entre o valor do pagamento efetivo e o quanto vai declarar de rendimento e mais dos rendimentos anteriores que sejam suficientes para a compra do imóvel pelo valor real. Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  38. Olá MARIANA CHRISTINA NUNES ALBUQUERQUE, O valor original pode ser alterado pelos gastos em reformas e benfeitorias do imóvel devidamente especificados na declaração de cada ano em que isso aconteceu. Para tanto, vc precisa retificar todas as declarações dos últimos cinco anos. Não pode contabilizar tudo agora.Sim, a isenção só vale para quem tem um único imóvel na ocasião da venda.No seu caso vale a data da partilha de 1994. Todos os gastos feitos no imóvel devem ser declarados para poder alterar o valor que entrou na sua declaração. Mas, só entram, agora, os gastos dos últimos cinco anos e para isso vc precisa fazer as retificações das declarações dos últimos cinco anos. O “ganho de capital” vai ser calculado pelo valor do imóvel atualizado em 2012.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  39. Olá Emilia Gayo, O valor do imóvel não superior a R$440.000,00, necessariamente, não precisa ser declarado. A declaração é voluntária. Se a sua mãe já declara vc como dependente, vc não precisa fazer outra declaração em seu nome. A venda de imóvel pela sua mãe, se era o único imóvel e o valor da venda não superior a R$440.000,00, o lucro obtido está isento e entra na ficha de rendimentos não tributáveis. A doação deve ser declarada no valor do imóvel a ser comprado em seu nome e posteriormente o imóvel comprado deve ser declarado como propriedade da dependente. Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  40. Olá Manuel FG Alves, Se o imóvel já consta das declarações anteriores, o valor não deve ser alterado.A partir deste ano foi desmembrada da ficha “Pagamentos e Doações Efetuadas”, sendo mantida ficha “Pagamentos Efetuados” e criada a ficha “Doações Efetuadas, A quitação do imóvel não é dedutível do IR, mas, o pagamento deve ser declarado na ficha “Pagamentos Efetuados” cuidando para que o valor seja compatível com os valores dos rendimentos declarados nos anos anteriores.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  41. Olá Jose Wilson, Você precisa obter cópias das declarações desde 2010 na Receita Federal e saber se declarou a compra do terreno. Se não declarou, precisa retificar as declarações para fazer constar a compra do terreno, depois o financiamento da CAIXA, o valor desse financiamento, prazo, quanto pagou à CAIXA a cada ano, discriminar o imóvel e quem construiu.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  42. Olá Giordano, Não, a atualização do valor do bem declarado só pode ser alterado em caso de gastos na reforma e melhorias do imóvel feitos no ano base.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  43. Olá Anita, 1) Deve declarar a compra de 2012 pelo valor exato do contrato, informando, contudo, apenas os aportes que fez no ano da compra. A cada ano seguinte do financiamento se for o caso, vai declarando os aportes; 2) Sendo casado a doação será considerada como adiantamento da legítima, ou seja, na falta de um dos cônjuges, o imóvel entra no inventário para confirmar a partilha em favor do filho se não houver oposição de outro herdeiro universal.Doação é isenta do IR. Declare a doação na ficha “Pagamentos e Doações Efetuados”, preenchendo os campos com o nome e o CPF do filho donatário, bem como o valor doado. Quem recebeu a doação, deve incluir o valor recebido na ficha “Rendimentos Isentos e Não-Tributáveis”, no campo “Transferências patrimoniais, herança e doação”, da sua própria declaração.Atenciosamente, João Bosco Brito, assessor jurídico da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências)

  44. comprei uma casa em 2009 por 40.000,00 e vendi em 2012 por 81.000,00, paguei o imposto de ganho de capital,pois tenho outro imovel em meu nome.Como faço para lançar a venda da casa no IRPF-2013?No item Bens e Direito em 2012 foi lançado codigo “12” situação em 2010 R$ 40.000,00 e Situação em 2011 R$ 40.000,00 como fazer isso em 2013?Devo colocar codigo”12″ venda da casasituação em 2011 R$ 40.000,00 em 2012.ou gerar outro item somente com a venda da casa Colocando a sutuação em 2011 R$ 0,00 e em 2012 R$ 81.000,00?

  45. comprei uma casa em 2009 por 40.000,00 e vendi em 2012 por 81.000,00, paguei o imposto de ganho de capital,pois tenho outro imovel em meu nome.Como faço para lançar a venda da casa no IRPF-2013?No item Bens e Direito em 2012 foi lançado codigo “12” situação em 2010 R$ 40.000,00 e Situação em 2011 R$ 40.000,00 como fazer isso em 2013?Devo colocar codigo”12″ venda da casasituação em 2011 R$ 40.000,00 em 2012?ou gerar outro item somente com a venda da casa Colocando a sutuação em 2011 R$ 0,00 e em 2012 R$ 81.000,00?

  46. Comprei um imóvel na planta em 2012, financiado através da construtora. Como não está financiado por banco, Declaro o imóvel e seu valor total em bens e direitos e o saldo devedor em dívidas e onus? Qual a forma mais correta, uma vez que o imóvel ainda não é meu?

  47. Olá, minha mãe vendeu um imóvel em 2012 por R$ 150.000,00, O dinheiro da venda foi para a conta poupança do meu pai, sendo que esse imóvel estava sendo declarado no imposto de renda da minha mãe pois era de uma tia que passou pro nome dela, como devo declarar isso no imposto de renda de ambos?

  48. Bom dia, Gostaria de uma ajuda, comprei em 2012 junto com meu esposo, um imóvel na planta no valor de 130.000,00, sendo que 35.000 foi parcelado direto com a construtora e os outros 95.000 financiado direto no Banco, o imovel ainda nao tem registro no cartório, como devo proceder na minha declaração esse valor? Desde já agradeço.

  49. comprei um imovel a ser pago 170.000,00 atraves do financiamento santander e 20.000 de sinal + ITBI. O valor do imovel é 380.000,00, porém, os 190,000,00 restantes não serão pagos por causa de uma divida que o vendedor tem comigo. Como devo declarar

  50. Comprei um terreno em 2011 por 50.000,00 e construí nele em 2012, 14 aptos que vale hoje em torno de 644.000,00 – (o custo de cada apto. ficou em 46.000,00) e já vendi um por 60.000,00 em 2012. Como devo declarar??????

  51. Como declaro um apartamento adquirido em 2012 ? A CEF pagou a Construtora (financiamento)logo eu devo pra caixa correto? Mas a Construtora me enviou o valor do apartamento quitado.

  52. Minha casa estava financiada pela CEF em 2011, em 2012 adquiri um consórcio onde fui contemplada através de lance e com o recurso do consórcio quitei a casa em NOVEMBRO/2012. Como declaro essa situação?

  53. Comprei um apto em nome do meu filho (maior e declara IR). Estou pagando pelo imovel. Como devo declarar a saida dos valores pagos em meu IR e a entrada no IR do meu filho?? Devo usar o item “Doações Efetuadas”??

  54. Comprei um apartamento financiado pela Caixa.O contrato com a imobiliária foi realizado em 2012.O valor de entrada foi transferido para conta do dono da imobiliária, e não do dono do imóvel.A entrada da documentação na Caixa foi em 2012, porém, a assinatura do contrato e início do pagamento do financiamento foram em 2013.A minha posse no imóvel se deu em 2012.Como declarar esse imóvel com todos estes detalhes? E o valor dos impostos e taxas também entra no cálculo de pagamentos efetuados?

  55. Bom dia.Tenho uma dúvida como declarar os valores dos meus imoveis, pois tenho um apto quitado e em meu nome, que ja é declarado no IR e em 2011 adquirir um outro imovel na planta de uma pessoa física, que deveria ter sido entregue em 2012, mas ainda não foi finalizado.Em 2011 paguei R$350.000,00, sendo que fiz um emprestimo nesse ano valor de R$100.000,00 que também foi declarado em 2012.Esses valores (apto e emprestimo) foram declarados em 2012.O valor final do novo imovel será R$800.000,00, senod que o meu imóvel entra como parte do pagamento (R$350.000,00) e será transferido apenas quando eu tiver a escritura do novo imovel.Em 2012 fiz o pagamento de uma segunda parcela do apto em construção no valor de R$100.000,00 e o meu apto. antigo ainda continua em meu nome e no IR, pois entrou no contrato como metade do pagamento e o novo apto sofreu atraso na entrega.Como declaro a segunda parcela de R$100.000,00 que paguei em 2012? Como declaro o valor do apto adquirido? Devo atualizar o valor do apto adquirido em 2011, passando paraR$450.000,00 no Ir de 2013, ou devo declarar essa segunda parcela de outra forma?

  56. deveria vir as respostas abaixo de cada pergunta..muito ruimA GENTE FICA SEM SABER QUAL E A RESPOSTA NOSSA E COMO DEMORA AFFF

  57. Desejo vender um unico imovel, adiquirido a mais de 5 anos, mas adiquiri um terreno em 2012, vou ter que pagar imposto pela venda por ter adiquirido este terreno em 2012??

  58. Comprei uma casa 2007 por 60.000,00 e vendi em novembro 2012 por 180.000,00,comprei em dezembro 2012 outra casa por 185.000,00. Neste caso não tem IR de ganhos de capital? e como declarar? tenho outros imoveis.

  59. Tenho um partamento que custou 50.000,00 somos em tres´pessoas qual o valor colocado para cada um seria o valor original ou valor venal do imovel

  60. Comprei um geladeira e um not financiado pelo banco como devo declarar esse bem na declaração bens e direito

  61. Fiz uma obra no telhado da casa em que minha mãe mora (conforme formal de partilha pertence a minha mãe e 4 filhos inclusive eu), paguei esta obra e ela consta como minha dependente na declaração do Imposto de Renda. Posso abater na minha declaração o recibo deste profissional.

  62. Boa noite preciso de um esclarecimento.Minha mãe comprou um imovel no ano de 1996, e ela nunca registrou ocontrato de compra e vendae no ano seguinte da compra ela faleceu. Completei a maioridade a gora e gostaria de resolver essa situação sem precisar registrar esse contrato para não precisar fazer o inventario. Porque o antigo propietario (vendedor) gostaria de comprar a casa novamenge. Como faço agora uma vez que na realidade a casa nunca saiu do nome dele e ele nunca a declarou?

  63. Recebi em doação um imóvel dos meus pais e declarei pelo valor de R$ 50.000,00, sendo que hoje seu valor venal é R$ 1.000.000,00. Posso fazer a retificação do meu imposto de 2012/2013, sem pagamento de imposto?

  64. Comprei um apto através de finaciamento junto a marinha do Brasil,por 40.000 reais, porem 5 anos depois vendi o apartamento através de um contrato de gaveta, na época recebi 20.000 reais, pois já tinha pago 25.000,00. em 2012 o imóvel foi quitado pela pessoa que adquiriu, não houve lucro. como devo declarar isso?

  65. comprei um terreno e ao longo de oito anos construir uma casa, mas sempre só declarei o terreno e não guardei as notas de compra do material. como declarar esta casa?

  66. Tenho um único imóvel, tenho que fazer declaração? Algumas pessoas me diz que não e outras me diz que sim. Meu pai quando construiu quis que fosse no meu nome. Em 2008. O que faço? Um professor disse que tenho sim que declarar!

  67. Olá, Minha esposa é minha dependente, ela não trabalha, mas ganhou uma vida uma casa do seu pai, onde a documentação já encontra-se em nome dela. Eu sendo esposo dela, preciso declarar esta casa na minha declaração?Obrigado

  68. Até ano passado eu era isento na declaração de imposto de renda pois não atingia o valor mínimo para declarar, esse ano passei a atingir esse valor e dai tenho que declarar o imposto de renda, minha duvida é a seguinte com relação a minha declaração: em fevereiro comprei um terreno para futuramente construir, paguei a vista R$35.000 por este terreno, mas tem um problema, meu rendimento anual não chegou a esse valor, eu recebi 29 mil somando o ano inteiro, mas a compra do terreno se deu da seguinte forma, uma boa parte por dinheiro guardado na poupança por alguns anos, outra parte eu estava juntando e mais outra parte pequena so para completar meu irmão, que é isento, me emprestou dinheiro, gostaria de saber como faço minha declaração, pois se eu declarar e tenho que declarar este terreno corro o risco de cair na malha fina, obrigado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.