16/07/2014

Saiba como escolher o aquecedor de água ideal para sua casa

Aparelhos a gás são as melhores opções do mercado atualmente. Preços giram em torno de R$ 2 mil

Fonte: ZAP Imóveis

Comprar um apartamento novo é uma conquista muito importante e que não se consegue facilmente. Além dos gastos com a aquisição do imóvel, o proprietário precisa pensar em todos os itens internos necessários para se morar bem. Dentro disso estão os aquecedores de água que devem ser comprados após a conclusão das obras.

Saiba o que fazer em seu apartamento após a entrega das chaves

Hoje em dia os prédios já são construídos com um sistema pronto para a instalação do aparelho de gás, deixando o chuveiro elétrico para trás. Aproveitando o inverno, o ZAP Imóveis preparou uma matéria para alertar sobre os cuidados a serem seguidos na hora de adquirir um aquecedor. É bom lembrar que existem diversos modelos, por isso a importância de saber algumas informações.

Segundo Alexandre Tambasco, gerente de marketing da Lorenzetti, o proprietário precisa saber, antes de tudo, quantas duchas e torneiras serão aquecidas. Em segundo lugar é necessário saber qual o tipo de gás fornecido no edifício, se é Gás Natural (GN) ou Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). Por último qual o tipo de exaustão que foi instalado: exaustão forçada, exaustão natural ou sistema de fluxo balanceado.

Aquecedores de água deve ser compatível com o chuveiro escolhido (Fotos: Shutterstock)
Aquecedor de água deve ser compatível com o chuveiro escolhido (Fotos: Shutterstock)

Outro ponto importante a ser notado é o chuveiro que vai receber a água aquecida. O aquecedor e o modelo devem ser compatíveis.

“O aquecedor te dá mais qualidade, além da cidade de São Paulo não ter subestação elétrica suficiente para comportar toda a cidade. Por isso, todos os prédios já são preparados para receber o sistema”, diz Celso de Souza, gerente da loja Vip Aquecedores.

Instalação – Todo equipamento deve ser instalado por um profissional especializado. No caso dos aquecedores não é diferente. Se não for feito assim, o consumidor pode perder a garantia do produto, que é de três anos.

“Nossos produtos são todos testados para garantir a qualidade do aparelho. Se o técnico fizer a instalação mal dimensionada, de forma inadequada, com problema de temperatura, pode trazer sérios danos ao consumidor. A gente pede que as pessoas contratem um técnico especializado que conhece nossos produtos”, diz Tambasco.

O local de instalação deve ser sempre na área de serviço, em local coberto. “Para o aquecedor ser instalado precisa ter ventilação superior e uma chaminé para que o gás não fique preso dentro de casa”, complementa Souza.

Segundo o gerente da Lorenzetti, a cada ano o consumidor deve chamar um técnico para checar as condições do aparelho, a mangueira e os bicos de onde saem os gases. Se estiver com problema, o gás não tem uma queima eficiente. A chama deve estar azul no aparelho. Se ela estiver amarela é um indício de que o gás está com alguma falha.

Aquecedores devem ser instalados por profissionais especializados e que conheçam o produto
Aquecedores devem ser instalados por profissionais especializados e que conheçam o produto

Como escolher – Para que seja evitado um problema ou uma escolha errada, fizemos algumas simulações, com a ajuda da loja Vip Aquecedores, para saber qual é o modelo ideal.

1 – Em um apartamento com duas duchas, com vasão entre 8 e 10 litros por minuto, é recomendado que utilize um aquecedor que gere entre 23 e 27 litros por minuto.

2 – O mesmo apartamento com duas duchas, com vasão entre 15 e 20 litros por minuto, o mais indicado é um aquecedor entre 30 e 35 litros por minuto.

3 – Caso utilize três ou quatro duchas, com vasão de 8 a 12 litros por minuto, é necessário ter um aquecedor de 43 litros por minuto.

Preços – Cada aquecedor possui seu preço e é diferenciado de acordo com a marca do modelo. Os aquecedores mais modernos da Lorenzetti têm os preços sugeridos que partem de R$ 1.099. O mais caro é encontrado por R$ 2.949.

Na loja Vip Aquecedores, um aquecedor da marca Bosch de 23 litros custa R$ 2 mil. Já o modelo acima, de 26 litros, tem o custo de R$ 2.050.

Já os produtos da Rinnai, que podem ser encontradas em lojas de construção, como a C&C, partem de R$ 1.899,90 e vão até R$ 3.599,90. Este último equivale a um aquecedor de 35 litros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.