24/06/2009

Saiba como revestir paredes e pisos da sua casa

Fonte: Globo online

A arquiteta Dórys Daher esclareceu as questões dos leitores sobre mudança de piso, tipos de tinta e materiais adequados para paredes externas. Confira

Rio de Janeiro – Os azulejos da cozinha já estão desgastados pelo tempo. E aquele piso antigo de madeira está com tacos soltos. Você sabe como trocá-los ou qual a melhor forma de mudar o visual sem estragá-los? Antes de transformar a parede ou o chão da casa, é bom fazer uma consulta a um profissional da área. A arquiteta Dórys Daher participou do Tire Suas Dúvidas sobre Revestimentos e esclareceu as questões dos leitores sobre tipos de tinta e laminados assim como de materiais adequados para ambientes pequenos e externos. Confira alguma das respostas e clique aqui para ver todas as dicas da arquiteta.

Qual a melhor maneira de repaginar as paredes da cozinha e banheiro, de azulejos , sem muitos gastos e obras?
Dórys Daher – Hoje em dia, adotamos a conduta de não revestir todas as paredes da cozinha e do banheiro com cerâmica ou azulejos. Na cozinha, por exemplo, procuramos tratar cada parede com uma atenção especial. Perto da área molhada um revestimento como cerâmica, azulejo, granito, ou seja, um material lavável será muito bem vindo. Para as demais paredes, não vejo a mesma necessidade, pois teremos armários, geladeira, freezer, fogão e estes já ocupam praticamente todos os espaços das paredes. Sendo assim as demais paredes poderão ser apenas pintadas. É uma forma de baratear sem prejudicar o projeto. Numa área de grande fluxo onde as paredes podem ficar sujas facilmente, uma textura resolverá o problema e a composição com o material frio adotado dará mais graça ao ambiente. Da mesma forma o banheiro: O revestimento frio só é imprescindível nas áreas molhadas como perto da bancada da pia e dentro do box. As demais paredes poderão ser em outro material. Essa composição com outros materiais criará um ambiente decorado e mais charmoso.

Que material usar para pintar o muro externo?
Dórys Daher – Manter uma pintura limpa em áreas externas é muito difícil realmente. Se a opção é pintura, aconselho a usar uma textura e depois uma pintura com tinta para exteriores. A durabilidade é bem maior. Existem outras opções como revestir com pedras, cerâmicas e outros. Hoje em dia, recomendo o uso de plantas, porque adorna o muro e a manutenção é menor. Além disso, a presença do verde é fundamental para a cidade e o planeta. Estive em Brasília recentemente e uma das coisas mais bonitas de lá, é que praticamente não existem muros no setor residencial. Quando existe, são cercas vivas, densas ou muros com plantas. É muito bonito!

Qual é a cor que está na moda para pintura da casa?
Dórys Daher – Tenho observado que está tendo uma procura muito grande por detalhes em lilás e violeta e a predominância em cores claras, do tipo off-white.

Como cobrir o chão de tacos sem ter que removê-los?
Dórys Daher – Quando os tacos estão ruins, velhos ou soltos, aconselho a colar os que estão soltos e depois colocar o piso flutuante de madeira. Este levará uma manta niveladora que não deixa espelhar o taco velho e não uniforme. São réguas de 20cm com vários padrões, cuja colocação é muito rápida.

Qual o tipo de tinta que deve ser usada num ambiente interno que tem muita umidade devido a maresia para melhorar a impermeabilização deste ambiente?
Dórys Daher – Em lugares muito úmidos, é melhor usar uma tinta acrílica ou um esmalte acetinado, as duas são de fácil limpeza, no caso de aparecer mofo.

É possível pintar armários de cozinha revestidos em Fórmica?
Dórys Daher – Não é a melhor solução. A tinta não adere muito bem. A não ser que queira fazer um acabamento provisório. O melhor é retirar a fórmica e colocar outra.

Quais as principais diferenças entre os pisos laminados e quais são os mais indicados para quarto de adolescente, levando em consideração custo e benefício?
Dórys Daher – Existem os laminados colados e existem os laminados encaixados. Considero os encaixados mais fáceis de serem aplicados e mais resistentes. Os encaixados não exigem que você retire o piso de baixo para ser aplicado. Os colados já exigem que faça uma raspagem no piso existente. O piso novo corre o risco de soltar ou de espelhar qualquer irregularidade do piso existente. Existem várias marcas. O cuidado que deve ser tomado com este tipo de piso é em relação a presença da água, estes pisos não podem receber nenhum volume de água. A limpeza deverá ser feita apenas com um pano úmido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.