27/02/2014

Saiba garantir a segurança das crianças nos parquinhos

Confira o que é preciso ter nesta área de lazer para que elas brinquem sem correr riscos

Fonte: ZAP Imóveis

Uma das atividades que mais agradam às crianças pequenas é brincar no parquinho. Seja no quintal de casa ou na área de lazer do condomínio, o playground é uma boa oportunidade para deixar as crianças se divertirem e se socializarem.

Os brinquedos de plástico não possuem lascas ou pedaços de madeira ou metal, o que ajuda a garantir a segurança dos pequenos (Fotos: ThinkStock)

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Mas alguns cuidados são necessários com este espaço. Segundo a arquiteta Adriana Victorelli, na hora de planejar um ambiente externo para alojar um parquinho é necessário também que haja áreas de sombra para proteger as crianças do sol.

Uma dica interessante é investir em banquinhos para que os pais possam sentar-se enquanto olham as crianças brincarem. Isso vai gerar um ambiente mais agradável.

Outro cuidado a ser observado é com o piso. Os mais utilizados em parquinhos são os emborrachados. “Há alguns modelos no mercado que imitam cores de areia, por exemplo. Os pisos emborrachados amortecem bem os impactos”, explica arquiteta.

Outra opção são os pisos de grama sintética, que oferecem menos amortecimento nos impactos. “Porém, a grama sintética pode queimar um pouco a pele caso a criança raspe o corpo no chão”, alerta Adriana.

Brinquedos de madeira esquentam menos que os de plástico em dias de calor

Brinquedos

Há alguns anos os playgrounds de prédios e de escolas são equipados com brinquedos feitos de plástico. Eles são considerados mais seguros. Segundo Adriana, os brinquedos de plástico podem ser moldados em superfície lisa, são encaixáveis e sem quaisquer lascas ou pedaços de madeira ou metal, o que poderia representar perigo às crianças.

“Brinquedos fabricados com plástico não precisam de manutenção. Não estragam por causa da umidade. Além disso, não proliferam bactérias. Também não corroem como os feitos em metal e não precisam de conservantes, vedantes e pintura”, explica Adriana.

Outra opção são os brinquedos de madeira, que esquentam menos que os de plástico em dias de calor. “Há madeiras específicas, do tipo Eucalipto, para brinquedos. Essas madeiras são resistentes à chuva”, orienta a arquiteta.

2 Comentários

  1. Olá, Elaine! Tudo bem? Essa é uma matéria informativa para te ajudar na hora de garantir segurança das crianças. Para ter um projeto mais adequado e personalizado, o ideal é ter a ajuda de um profissional! Continue acompanhando as novidades aqui na revista. 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.