17/10/2016

Saiba quais são as principais diferenças entre o steamer e o ferro de passar

Especialista dá dicas sobre quais peças são adequadas a cada um dos equipamentos

Fonte: ZAP em Casa

A economista Danielle Mioni tem de usar roupas sociais no trabalho. E vive no dilema de deixar calças e camisas ‘lisinhas’. No guarda-roupa dela estão guardados um ferro e um steamer. E a lista de dúvidas sobre os dois equipamentos é longa. “Nunca sei qual peça é mais indicada para qual aparelho, qual desamassa melhor e por aí vai”, resume.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: clique aqui e conte o que você quer ver por aqui

A diferença básica entre ferro e steamer é simples e fácil de ser entendida. O primeiro deles tem superfície aquecida para que as fibras do tecido fiquem alinhadas com o calor. Enquanto o segundo usa o vapor d’água em temperatura alta para desamassar as roupas. Este, ainda possui, geralmente, uma espécie de cabide com uma haste para pendurar a roupa e uma luva para evitar queimaduras. Também existem modelos portáteis que são menores e, consequentemente, mais fáceis de transportar.

ferro_de_passar
O ponto negativo do ferro é a dificuldade de passar peças com pregas e babados (Foto: Shutterstock)

Ambos têm pontos fortes e fracos. Para a coordenadora de treinamento da empresa profissional de limpeza Parafuzo, Taís Aragão, o ferro de passar é ótimo para engomar camisas e fazer os vincos nas calças sociais. Também são fáceis de serem transportados e é possível encontrá-los em qualquer loja de eletrodomésticos. “O ponto negativo do ferro é a dificuldade de passar peças com pregas e babados”, explica.

De acordo com Taís, o steamer é prático, não deixa marcas e agride menos as roupas. E ainda não precisa de tábua para utilizá-lo. “Porém, não é tão eficiente para remover rugas persistentes e ainda é mais caro que um ferro comum. Outro ponto fraco do steamer é que passar peças grandes como roupas de cama se tornam inviáveis, sendo preciso da ajuda de um ferro comum”, opina.

steamer
O steamer é prático, não deixa marcas e agride menos as roupas. E ainda não precisa de tábua para utilizá-lo (Foto: Shutterstock)

Cuidados e tipos de tecidos

Para a especialista, é possível desamarrotar qualquer tipo de roupa com o ferro. No entanto, você precisará de mais força e jeito para alcançar um bom resultado. Além disso, peças de tecidos delicados como seda, por exemplo, precisarão de todo um cuidado especial na hora de passá-las. Já com o steamer você pode passar a maioria das roupas, porém você terá mais dificuldade com tecidos pesados e jeans. “A dica é deixar o ferro na temperatura indicada para o tipo de tecido e, se houver necessidade, colocar um pano por cima. Sempre comece a passar primeiro pela barra.

ferro_de_passar_roupa
As peças pesadas, que são difíceis de passar por um steamer (tecidos pesados e jeans), podem ser desamassadas com o ferro (Foto: Shutterstock)

Com o steamer, basta deixá-lo na temperatura mais baixa possível. Quanto mais sintético o tecido, mais baixa a temperatura deve estar”, orienta Taís.

No fim das contas, ferro e steamer se complementam. “As peças que não são indicadas de passar com um ferro convencional, como as de tecidos nobres, podem ser desamassadas por um steamer, enquanto as peças pesadas, que são difíceis de passar por um steamer (tecidos pesados e jeans), podem ser desamassadas com o ferro”, pondera a profissional.

steamer_roupa
Com o steamer você pode passar a maioria das roupas, porém você terá mais dificuldade com tecidos pesados e jeans (Foto: Shutterstock)

+ Como manter o guarda roupa organizado

+ Saiba como evitar manchas nos espelhos

+ Aprenda como organizar sua despensa corretamente

+ Veja quais são os sofás e tapetes ideais para quem tem animais de estimação

+ Dicas sobre como cuidar dos tapetes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.