28/02/2011

Saiba quando é possível obter o financiamento no período de construção

Fonte: Jornal Extra
(Foto: Divulgação)
Prédio em construção: atraso deve ser cobrado judicialmente/Foto: Ana Branco/ 04.10.2010 (Foto: Divulgação)

Apesar de ser a modalidade mais comum, o financiamento do imóvel somente após a entrega das chaves não é a única forma de adquirir uma moradia na planta. Quando o empreendimento como um todo é financiado pela instituição financeira, é possível assinar com o banco desde a aquisição, diminuindo o valor pago pela correção monetária.

Quando o banco entra na jogada logo de cara, a correção não é mais calculada tendo como base o Índice Nacional da Construção Civil (INCC). De acordo com a superintendente regional da Caixa Econômica Federal no Rio, Nelma Tavares, o cálculo, nesse caso, é feito com base nos juros acordados com o banco, que dependem do perfil do cliente, mais a Taxa Referencial (TR):

“Durante as obras, o cliente não paga as prestações, e sim os juros referentes ao percentual da obra entregue. Ou seja, se a construtora entregar 10% da obra, a Caixa cobra do cliente os juros sobre 10% do valor do imóvel e assim vai até atingir os 100% e entrar no financiamento propriamente dito.”

Além de a correção ser diluída ao longo da construção, essa modalidade também diminui a diferença a ser paga, já que os juros não são cobrados sobre todo o saldo devedor.

Atrasos após 180 dias: Justiça – Os contratos de compra na planta prevêem um atraso de até 180 dias na entrega do empreendimento. Se as obras atrasarem além disso, o consumidor pode e deve entrar na Justiça contra a construtora.

“O atraso pode aumentar o índice de correção. Para que a entrega das chaves não demore mais, sugiro que o consumidor pague a diferença e depois entre na Justiça pedindo o valor extra e perdas, como aluguéis extras”, aconselha Hamilton Quirino, advogado especialista no setor.

LEIA MAIS:

Saiba como agir se o elevador parar

Dicas para manter as piscinas limpas e bem cuidadas neste verão

7 Comentários

  1. É possível transferir o financiamento para o banco, quando j[a foi firmado contrato com a construtora, onde constam as parcelas, prazos e índices de correção?Outra coisa é, se o financiamento do imóvel for feito logo de início com o banco, se o valor venal do imóvel ultrapassar o teto limite para subsídio do programa de moradias, compensa mais financiar junto a construtora e o restante na entrega das chaves junto ao banco, uma vez que o saldo estará menor e terá maior chance de ser financiado pelo banco.

  2. pretendo comprar um apartamento de 2 ou 3 dormitórios usado, como de entrada dar um outro de no valor de $70,00 mil, local Av. Engenheiro Heitor Antonio Eiras Garcia, nº5535 Jd Educandário CDHU, com 2qtos, sala,cozinha WC,pequena area de serviço e uma vaga na garagem.

  3. Gostaria de saber se o Banco garante a entrega da obra, ou seja , no caso da construtora quebrar…….

  4. Boa Noite!Comprei uma apartamento na planta em janeiro e financiei a entrada em dois anos junto a construtora, sendo que estou surpreso com a variação que as parcelas irão sobres até meu repasse junto ao banco. Gostaria de saber se ainda existe a possibilidade de eu entrar no financiamento com o banco para reduzir esta variação de preço durante a construção?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.