29/06/2008

Salão do imóvel, em agosto, terá 20 mil imóveis

Fonte: O Globo

Grandes construtoras estarão no evento, que será no Riocentro

O Salão do Imóvel cresceu. Impulsionado pelo sucesso do ano passado, a segunda edição do evento, a ser realizada em duas etapas — de 21 a 24 e de 28 a 31 de agosto — terá o dobro do número de imóveis ofertados: serão 20 mil, entre novos e usados. Desta vez, a feira acontecerá no Riocentro, numa área de 12 mil metros quadrados. A Patrimóvel, promotora do salão, espera receber mais de 30 mil pessoas e a expectativa de negócios gira em torno de R$200 milhões.

Os imóveis, localizados em vários bairros do Rio e também em municípios da Baixada Fluminense, Niterói, São Gonçalo, Itaguaí, Maricá e Mangaratiba, terão preços a partir de R$130 mil. O Banco Real será novamente a instituição financeira parceira do evento, com uma agência no local para análise de crédito dos interessados.

Na primeira edição, foram 300 mil unidades vendidas

Não vai faltar entretenimento: este ano, o salão homenageia os 50 anos da bossa nova, com direito a shows musicais. E, nos estandes das empresas, haverá espaço para exposição de ambientes decorados. Já estão confirmadas a presença de grandes construtoras, como CHL, CR2, Even, Gafisa, João Fortes, Klabin Segall, RJZ/Cyrela e Carmo e Calçada.

Em 2007, o Salão do Imóvel movimentou R$94 milhões em cinco dias de feira. O evento aconteceu no estacionamento do CasaShopping, onde mais de 300 transações de compra e venda foram feitas e 800 cartas de crédito foram aprovadas pelo Real em seu estande. A surpresa ficou por conta dos dez apartamentos negociados por cerca de R$1 milhão, que levaram o tíquete médio do evento à marca de R$300 mil.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.