28/09/2007

Salão Imobiliário dá a largada

Fonte: Jornal da Tarde

Evento que promete facilitar os negócios começou ontem na Capital

Evelson de Freitas/AEZap o especialista em imóveisRenata e Fabiano estiveram no Salão em busca de um apartamento de três quartos no Tatuapé

No primeiro dia, o 2º Salão Imobiliário São Paulo, evento que vai até domingo no Pavilhão de Exposições do Anhembi, recebeu mais curiosos do que compradores. Mas apesar de os expositores confirmarem que poucas vendas foram fechadas ontem, muitos dos 220 estandes tinham interessados nas ofertas.

E a expectativa é a de casa cheia no fim de semana. Neste ano, o salão traz 39 mil imóveis, a maioria lançamentos. A entrada é gratuita para quem imprimir a credencial no site, ou R$ 10 no local.

É possível encontrar imóveis a partir de R$ 45 mil. Além dos residenciais, o salão traz oportunidades comerciais e de veraneio. A Caixa Econômica Federal só está fazendo simulações. Mesmo assim, o estande era um dos mais movimentados. “Recebemos o ultimato da proprietária do apartamento onde moramos. Precisamos sair urgente. Então, corremos para cá e fizemos a simulação das parcelas. Vamos sair do aluguel com um apartamento de R$ 150 mil”, diz a analista de sistemas Valéria Moraca.

O casal Renata Gondim, 26, e Fabiano Capello, 28, moradores do Tatuapé, Zona Leste, visitaram a feira em busca de um imóvel de R$ 100 mil. Eles disseram não ter encontrado muitas opções de usados. “São muitos lançamentos. Queremos algo mais simples, no nosso bairro, mas tem de ser de três quartos”, disse Renata, no estande da Goldfarb. Algumas empresas tentam atrair os interessados com presentes, caso fechem negócios no salão. A incorporadora Rossi dará uma cozinha completa com fogão e geladeira e depurador. O apartamento mais barato, de dois quartos, custa R$ 250 mil, na Vila Olímpia.

Com previsão de começar 2008 na casa própria, a família Dias visitou ontem o evento à procura de um imóvel de R$ 450 mil. Raphael, 12, só pensava na piscina do apartamento. “Não importa onde será, só quero poder mergulhar todos os dias”, disse, ansioso.

Uma das curiosidades da feira veio da Bahia. A expositora Josinha Pacheco traz o empreendimento Aldeia Saint Sebastian, um condomínio de 68 apartamentos para o público GLS. Localizado na praia de Arembepe, a unidade mais barata sai por R$ 120 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.