10/02/2007

Selo do Procel avaliza a eficiência dos aparelhos

Fonte: Jornal da Tarde

Assim como ocorre com geladeiras e fornos de microondas, os aparelhos de ar condicionado também são fiscalizados para evitar desperdício de energia. Os modelos de janela das principais marcas são vistoriados pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) e classificados em categorias que vão de A, a mais eficiente, até H.

“Os aparelhos mais eficientes são um pouco mais caros, mas vale a pena gastar mais nesse quesito. Depois de um ano ou 18 meses, o dinheiro pago a mais já retornou para o consumidor na forma de economia na conta de luz. O consumo vai aumentar de qualquer jeito, então compensa escolher um aparelho que tenha um impacto menor”, avalia o engenheiro mecânico e professor Alberto Hernandez Neto.

O Procel analisa a eficiência energética dos modelos de ar-condicionado de janela há mais tempo do que os splits. Por isso, há mais informações sobre o aparelho mais convencional no site do programa. Os interessados em conferir se a marca escolhida atende aos requisitos de economia podem consultar o site .

Os brasileiros costumam usar, em média, o ar-condicionado de cinco a seis horas diárias durante o ano. No verão, esse parâmetro aumenta, e o consumo de energia pode ser bastante elevado com um aparelho menos econômico.

 

Leia também

Na instalação, cada casa é um caso

Aparelho tipo split é mais discreto

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.