30/03/2007

Sem preconceito com ‘velhinhos’

Fonte: Jornal da Tarde

Imóveis usados podem ser um negócio mais vantajoso e adequado à sua família que o de um novo

Sebastião Moreira/AE Zap o especialista em imóveisEdifício na Rua Vitória, Centro, reformado e todo vendido em pouco tempo

Não é necessário esperar para fazer a mudança. Nem se preocupar se a sala de ginástica e o playground já estão equipados. Essas são algumas das vantagens encontradas por quem decide comprar um imóvel usado em vez de pagar por um que ainda será construído. Outro ponto bastante positivo é o preço. Segundo a Pacheco Imóveis, os usados são, em média, 20% mais baratos que os novos.

Por outro lado, se comprar um imóvel novo com a garantia da construtora já é uma tarefa difícil, escolher um usado pode ser ainda mais complicado. Principalmente para descobrir se o preço pedido pelo proprietário é justo. O único jeito de chegar a uma resposta, na opinião de especialistas, é pesquisar e comparar os valores praticados na região em imóveis parecidos.

Também é essencial que o comprador confira, em detalhes, a conservação do imóvel. Umidade em paredes denotam vazamentos, e problemas na rede elétrica podem ser checados testando lâmpadas e aparelhos eletrônicos ligados ao mesmo tempo. E, como não há venda sem pechincha, vale pedir um desconto se houver necessidade de reforma.

O que checar na compra do usado

Justiça do trabalho
Requerer certidão que ateste isenção do dono do imóvel

Receita Federal
Emitir Certidão Negativa de dívida ativa da União

Prefeitura
Pedir Certidão Negativa de tributos municipais do imóvel

Justiça Federal
Solicitar Certidão de Isenção de processos federais

Cartório de protestos
Certidão de Isenção de títulos protestados

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.