18/10/2014

Sete dicas para alugar por temporada sem sustos

Sete dicas para alugar por temporada sem sustos

Fonte: Revista do ZAP

Saiba quais as atitudes mais recomendadas para quem escolhe alugar um segundo endereço na praia e curtir com a família

O verão – e as tão aguardadas férias – estão quase aí e já está na hora de organizar a estada durante a temporada. Antes de fechar negócio, no entanto, o indicado é visitar o imóvel desejado para locação e verificar as suas condições. Outras dicas também precisam ser seguidas para evitar problemas justamente nos momentos dedicados ao descanso. Confira:

1. O primeiro passo para encontrar um imóvel para a temporada é saber quais são as suas disponibilidades, tanto de verba quanto de tempo. A quantidade de imóveis, assim como seus valores, varia de acordo com o período que o inquilino procura. Nos feriados, como os de Ano Novo e Carnaval, os preços sobem devido à grande procura. Verifique as possibilidades que o seu período de férias pode oferecer.

2. Não fique na expectativa com apenas uma opção. Como aluguel de temporada é concorrido, vale a pena ter cartas na manga e fazer contato com mais de uma propriedade que seja adequada às suas necessidades.

3. Faça uma vistoria no imóvel antes de começar as férias. A internet facilita o processo de procura e negociação, mas não substitui uma primeira visita – de preferência, acompanhado pelo responsável pelo local – em que você deve cuidar se tudo o que foi prometido no processo está lá (eletrodomésticos, mobília e outros utensílios, por exemplo) e tirar todas as suas dúvidas. É uma medida de segurança que evita dores de cabeça.

4. É comum o proprietário do imóvel à disposição para temporada pedir um depósito de reserva. Nas imobiliárias, o contrato geralmente prevê que o inquilino pague um sinal no momento da assinatura e o saldo até a data de retirada da chave, ou seja, primeiro dia de temporada. Também é cobrada uma taxa de limpeza no dia em que as chaves são devolvidas.

5. Dê preferência para que tudo fique bem claro: datas de entrada e saída, métodos de pagamento, regras para animais de estimação (se for o caso), detalhes sobre o uso de áreas comuns de condomínio (se for o caso), condições de devolução, etc. Para sua proteção, o ideal é guardar esse documento, assim como recibos de pagamento.

6. Geralmente, são feitas duas vistorias no imóvel, uma no primeiro dia de temporada e outra no momento de entregar as chaves. Elas servem para verificar as condições do imóvel, o que inclui itens básicos na estrutura, como fechaduras, tomadas, interruptores, pontos de luz, e acessórios, como utensílios e eletrodomésticos. Os itens oferecidos antes da assinatura do contrato devem estar disponíveis no primeiro dia de temporada, caso contrário, devem ser substituídos, desde que a reclamação seja feita em 48h.

7. Caso seja necessária uma autorização especial de estacionamento ou haja um alarme com código, você deve estar informado. Combine hora e local para retirar as chaves. Tenha uma pessoa disponível para fazer contato em caso de dúvidas.

Casa ou apartamento? Qual o imóvel ideal para suas férias?

A escolha deve ser feita não apenas por preço, mas conforme o seu perfil, o número de pessoas que vai dividir o espaço com você ou mesmo o objetivo principal do seu descanso Confira os itens que vale a pena levar em conta na hora de alugar de acordo com especialistas ouvidos pelo Pense Imóveis

Por que alugar uma casa na praia?

– casas amplas podem ser alugadas por grandes grupos, o que ajuda na hora de dividir a conta. Atente, no entanto, para o número de quartos;
– pátios podem ser uma boa ideia para quem veraneia em família com crianças;
– se segurança é sua preocupação, condomínios fechados podem ser uma opção.

Por que optar por apartamento na praia?

– mais infraestrutura e segurança garantida aos locatários;
– há maior número de ofertas desse tipo (especialmente no RS);
– muitos dão uma opção de vista da praia que as casas não oferecem.

Dica
No caso de praias muito urbanizadas e movimentadas, escolher uma casa pode significar ficar longe do mar – mas, às vezes, perto de serviços que podem ser mais interessantes, dependendo dos seus hábitos, como um supermercado para comprar os ingredientes e cozinhar para os amigos. Pense em como deverá ser a programação dos seus dias na hora de decidir pela localização do imóvel para a temporada.

busca-imóvel-pense vender-imóvel-pense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.