12/12/2008

Seu jardim é a própria serra

Fonte: Jornal da Tarde

Serra da Cantareira, Horto Florestal e entorno atraem pelo contato com a natureza

Com o privilégio de estar em uma das principais áreas verdes de São Paulo, os bairros do entorno do Horto Florestal e Serra da Cantareira ganham empreendimentos diferenciados que buscam aliar a natureza a projetos para atrair as famílias da zona norte da capital.

A região tem uma forte demanda por novidades para os seus moradores, que querem evoluir no quesito moradia, mas sem sair das proximidades da área verde e da tranqüilidade local. “Quem vai morar no Horto são moradores da própria zona norte. Eles são bairristas, não querem sair dali. A gente brinca que a brisa da Serra da Cantareira passa primeiro por ali”, comenta Roque Bono Filho, proprietário da consultora imobiliária Bono Imóvel.

Para o empresário do ramo de imóveis, a região ficou por muito tempo esquecida quanto a novos empreendimentos e só passou a receber atenção de grandes construtoras e incorporadoras há poucos anos, o que faz o mercado ainda ser muito pequeno em toda zona norte frente a demanda dos moradores locais, principalmente na região mais próxima do Horto. “O público não tinha esse tratamento profissional, apenas pequenas construtoras locais. Agora, há empreendimentos de qualidade que valorizam a localização próxima à serra”, diz Bono.

Apostando nesse público selecionado e exigente, a Bono Imóvel tem, atualmente, três empreendimentos em construção nas imediações do Horto e planeja mais três para 2009. O preço do m² do projeto Edifício Barcelona é comercializado pela construtora por R$ 3,3 mil.

A Gafisa é uma das grandes construtoras que resolveu apostar na área. A empresa teve uma experiência na região com um condomínio de casas. “Tivemos um grande sucesso, pois atraímos o morador da zona norte que morava em apartamento ou imóvel menor e queria estar próximo da natureza e com a segurança de um condomínio”, explica Fabio Romano, diretor de incorporação da Gafisa.

Segundo o diretor, o projeto do The House é totalmente diferenciado de qualquer outro que já foi feito pela construtora. O objetivo era preservar as árvores que estavam no local, fazer o transplante de algumas e ainda harmonizar as plantas para que elas aproveitassem o máximo da área verde. “Foi um projeto único e de grande valorização por não ter nada parecido na área. O preço do m² hoje deve estar por volta de R$ 4,5 mil”, afirma Romano.

OPORTUNIDADES
The House Cantareira
Condomínio de casas de 177 m² a 193 m². Com 33 unidades, o empreendimento fica em uma área de 5 mil m², projetado para abrigar e preservar as árvores nativas da Serra da Cantareira. Cada residência tem quatro dormitórios, duas suítes e três vagas de garagem. A área comum ainda abriga piscina, quadra poliesportiva e praças. A entrega está prevista para fevereiro de 2009. Endereço: Avenida Nova Cantareira, 5.567. www.gafisa.com.br.

Edifício Barcelona
Empreendimento com uma torre com quatro unidades por andar de 75 m² de área privativa. Cada apartamento terá três dormitórios, uma suíte, terraço gourmet, depósito e duas vagas de garagem. Próximo ao Parque do Horto Florestal, o condomínio contará com salão de festas, piscinas, quadra, brinquedoteca e área gourmet. Previsão de entrega para junho de 2009. Preço: a partir de R$ 3,3 mil o m². Endereço: Rua Raul Dias, 300. www.bonoimovel.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.