06/11/2019

Saiba como funciona um simulador de financiamento imobiliário

Sistema existente em sites de bancos ajuda a ter uma noção das parcelas e valor total a ser pago

Fonte: ZAP em Casa

O simulador de financiamento imobiliário está cada vez mais frequente nos sites e aplicativos de bancos. Em poucos minutos, colocando dados pessoais e valores, é possível chegar um montante total e parcelado de quanto custaria um imóvel financiado.

Diretor da Roda Imóveis, de Santos (SP), André Luiz Dy Maurício Ayres diz que um simulador de financiamento imobiliário trabalha com equações. “Calculam a tarifa de manutenção de contrato, a equação em relação ao seguro habitacional de acordo com a idade do proponente. Existem juros para cada cliente, dependendo do enquadramento, e o valor de amortização calculado em cima do montante financiado e o prazo”.

simulador de financiamento imobiliário
Faça sua simulação e resolva tudo de maneira prática, em qualquer lugar, pelo seu celular, computador ou tablet. (Foto: Shutterstock)

Para Ayres, geralmente o simulador de financiamento imobiliário é confiável. “A única coisa que não costuma aparecer nos simuladores é a correção monetária. Na maioria das vezes, a TR (taxa referencial) e, nos casos novos, como da Caixa (Econômica Federal), o IPCA ((Índice de Preços ao Consumidor Amplo)”.

Além de pedir informações sobre o valor do imóvel que pretende comprar, a entrada e o prazo em que deseja financiar, o simulador de financiamento imobiliário também pode exigir o CEP da sua residência, o e-mail e a renda familiar.

Para o resultado ser mais próximo da realidade, o diretor da imobiliária explica que só o sistema não adianta, é preciso ter algum especialista por perto. “Para alguns clientes, dependendo de enquadramento, como funcionários públicos ou correntistas, pode ser melhor no banco X ou no Y. Então, é preciso aproveitar a concorrência entre os bancos”.

Apesar do simulador ser o mais próximo da realidade, é preciso ter algum especialista por perto. (Fonte: Shutterstock)

Benefícios do simulador

  • Na maioria dos casos, você pode financiar até 80% do valor do imóvel desejado e ainda parcelar em 35 anos com parcelas fixas ou atualizáveis;
  • Sem problemas no futuro, com o simulador de financiamento imobiliário é possível incluir despesas de cartório e tarifa de avaliação do imóvel;
  • Você consegue somar sua renda com mais uma pessoa, mesmo sem ter parentesco;
  • É possível simular o valor já com o uso do FGTS.

Limitações do simulador de financiamento imobiliário

O economista Eduardo Reis Araújo, do Conselho Federal de Economia (Cofecon), afirma que existe uma diversidade de sites que oferecem simulador de financiamento imobiliário. Todos, diz ele, partem de um princípio de matemática-financeira, de fazer uma previsão do cálculo das parcelas com base na modalidade escolhida, no prazo e o tipo de seguro.

“Alguns têm um nível de confiabilidade maior, mas sempre ficarão limitados. O da Caixa, que eu considero um dos melhores, não consegue dar resposta para o consumidor quando o indexador é o IPCA. Isso pode trazer uma flutuação muito grande no empréstimo. Hoje o IPCA está em torno de 3,5%, mas já esteve 11% em 2015. Ou seja, o financiamento poderia ter uma oscilação de custo de até três vezes”

Os financiamentos partem de um princípio de matemática-financeira, de fazer uma previsão do cálculo das parcelas com base na modalidade escolhida, no prazo e o tipo de seguro. (Foto: Shutterstock)

Para ele, um especialista, pessoalmente, poderia estimar melhor o custo do financiamento com base em projeções históricas. “Mas quando você trabalha com juros pré-fixados, o simulador acerta bastante. Porque ele consegue trazer todos os custos e dar uma ideia interessante do que vai acontecer com o financiamento no futuro”.

+ Quer saber o valor do seu financiamento imobiliário? 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.