30/12/2011

Solar da Marquesa de Santos, no Rio de Janeiro, será restaurado

Solar da Marquesa de Santos, no Rio de Janeiro, será restaurado

Fonte: Revista do ZAP

O local foi residência de Domitila de Castro Canto e Melo, amante do imperador Dom Pedro I, durante sete anos

O Solar da Marquesa de Santos será restaurado. Situado no bairro de São Cristóvão, na cidade do Rio de Janeiro, o local foi residência de Domitila de Castro Canto e Melo, amante do imperador Dom Pedro I, durante sete anos. Ela viveu de 27 de dezembro de 1797 até 3 de janeiro de 1867. No Local vai funcionar o Museu da Moda. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 29 de dezembro, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

As primeiras ações serão emergenciais para correção das infiltrações e combate a cupins. Depois disso, serão recuperados os elementos artísticos integrados, informou a assessoria de imprensa do BNDES. A etapa final será a implantação do Museu da Moda, onde funciona atualmente o Museu do Primeiro Reinado.

O projeto ainda está sendo elaborado, mas o BNDES considera que o novo museu, primeiro do gênero no país, confirmará a vocação têxtil de São Cristóvão e vai contribuir para a revitalização do bairro que concentra grande parte da indústria de confecções da capital fluminense.

A conclusão dos trabalhos na primeira fase é prevista para os próximos nove meses. As obras serão tocadas pela Associação Espírito Santo Cultura, que é o braço brasileiro da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva, de Portugal, instituição reconhecida na área de restauro.

O financiamento do será feito com recursos não reembolsáveis de R$ 4,2 milhões do Fundo Social do BNDES. Os recursos serão aplicados na execução de obras estruturais para recuperação do prédio que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 1938. Hoje, o espaço pertence à Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro.


Leia mais:
>> Cidade de Porto Alegre é museu arquitetônico a céu aberto
>> Revitalização da Azenha, em Porto Alegre, prevê centro cultural e obelisco
>> Orla do Guaíba, em Porto Alegre, será transformada em parque de lazer

Tags: Urbanismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.