11/01/2013

Sustentabilidade é protagonista em projeto de casa no norte de Florianópolis

Sustentabilidade é protagonista em projeto de casa no norte de Florianópolis

Fonte: Revista do ZAP

A casa Átrio, localizada na praia de Jurerê, é de autoria do arquiteto Eduardo Faust Machado e se destaca pelas soluções sustentáveis que garantem eficiência energética

Houve um tempo em que os arquitetos dispunham de pouco ou nenhuma ferramenta para aproveitar as condicionantes do clima e das características da localização da edificação. Há vinte anos, estes profissionais guiavam-se pela insolação nas fachadas, e o uso não-científico de brises e outros aparatos que impediam ou reduziam a radiação solar nos ambientes. Outros recursos, tais como o uso de aberturas que aproveitassem a circulação cruzada de vento e a adequação de janelas venezianas, contribuíam, na maioria das vezes, mais para efeito estético do que funcional. Felizmente, os tempos são outros.

Divulgação

Localizada em um dos endereços mais nobres e cobiçados de Florianópolis, na paradisíaca praia de Jurerê – norte da Ilha de Santa Catarina – a residência projetada pelo arquiteto Eduardo Faust Machado prima pelas soluções que maximizam o conforto ambiental com eficiência energética e sustentabilidade. Este perfil de obra está na pauta da arquitetura mundial do século 21, mas com tantos anúncios neste âmbito, como comprovar que as soluções aplicadas pelo arquiteto são realmente eficientes?

Divulgação

Para garantir a sustentabilidade, a residência foi submetida a uma análise dos materiais e de índices de conforto ambiental pelo escritório de assessoria Vertes Arquitetura Bioclimática e Eficiência Energética, seguindo os critérios do documento Requisitos Técnicos da Qualidade de Eficiência Energética de Edificações Residenciais (RTQ-R). A partir desta análise, identificou-se a classificação de eficiência energética que a residência obteria. O RTQ-R especifica requisitos técnicos para iluminação, ventilação, aquecimento de água e sistema de refrigeração. O reconhecimento quanto à eficiência energética das construções é feito por meio do selo PROCEL EDIFICA, Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE) para residências e edifícios multifamiliares, iniciativa do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), coordenado pela Eletrobrás e pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

Divulgação

Como é possível perceber, este projeto revela o respeito às questões de desempenho energético, o aproveitamento real dos recursos naturais e das condicionantes do local onde está sediado. Mais do que isso, se insere em um novo patamar de qualidade da edificação, revelando as novas possibilidades de parametrização e aferição de desempenho.

Divulgação

Materiais de fechamento
A laje pré-fabricada (3 cm de reboco com telhas de concreto planas fixadas acima) e a laje maciça de concreto com 12 cm, também com telhas de concreto, obtiveram melhor desempenho quanto à transmitância térmica e absortância (cores superficiais externas). A parede de lambris de garapeira com câmara de ar de 12 cm teve desempenho 27% superior ao da alvenaria tradicional de tijolos com reboco extra.

Ventilação/Iluminação natural
Grandes aberturas foram planejadas para otimizar a ventilação e a iluminação com o mínimo de ganho de calor. Para ventilação natural, a norma tem como pré-requisito que a área de abertura seja 8% da área do ambiente, sendo que a média da residência foi de 37%, e o fator para ventilação cruzada, que deve ser maior que 0,25, chegou a 0,66.

Divulgação

Aquecimento de água
O sistema de aquecimento solar gerou economia em até 90% de energia elétrica gasta com a água quente na residência. O retorno de investimento será de três anos. Após o período de retorno, portanto, a energia terá somente o custo de manutenção do sistema.

Divulgação

Ficha técnica:
Arquitetura: Faust – Salvagni | Autor: Arq. Eduardo Faust Machado
Projetos complementares: FAUST – SALVAGNI
Localização: Jurerê, Florianópolis, Santa Catarina
Área construída: 450.00 m²
Ano do projeto: 2008-2009

Leia mais:
>> Concreto biológico permite a proliferação de liquens e musgos em sua estrutura
>> Decoração sustentável: conheça 10 formas de utilizar madeira de demolição em casa
>> Pisos de bambu coloridos dão vida aos ambientes sem prejudicar o meio ambiente
>> Veja casas à venda em Jurerê

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.