07/03/2013

Sustentabilidade na decoração é um dos destaques da Expo Revestir 2013

Evento está em sua 11ª edição e mostra que a preocupação com o meio ambiente e arquitetura eco-friendly está em alta

Fonte: ZAP Imóveis

A sustentabilidade é um conceito que vem sendo inserido cada vez mais na arquitetura moderna. Prova disso é o destaque que muitos expositores estão dando ao tema na Expo Revestir 2013, evento de soluções em acabamentos para a construção civil que está sendo realizada em São Paulo, do dia 05 a 08 de março.

Sustentabilidade na decoração é um dos destaques da Expo Revestir 2013
Ecobrick é um tipo de revestimento que imita tijolo. Ele é feito a partir de flocos selecionados de poliuretano expandido rígido, poliéster e blenda de isocianatos (Fotos: Olivia Caires)

A feira mostra que a sustentabilidade e a arquitetura “eco-friendly” são tendências na decoração. O evento mostra diversas oportunidades de investir em itens que minimizam o impacto ambiental, com ações como reduzir o uso de matérias-primas, evitar o desperdício de água e utilizar materiais que não agridam a natureza. Reunimos alguns exemplos sustentáveis que podem ser conferidos até esta sexta-feira no Transamérica Expo Center, que fica na Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387, em Santo Amaro.

Pisos – A NeoBambu apresenta pisos feitos de bambu, que, segundo Monica Bueno, gerente de projetos da empresa, não é uma árvore e sim uma gramínea. “O bambu é renovável porque brota sozinho da própria raiz”, explica. Segundo a profissional, a resina que é utilizada na aplicação do piso é à base de água, o que também é considerado ecologicamente correto.

Se este tipo de piso sofrer raspagens em um reforma, a especialista afirma que é preciso somente lixar e reaplicar o verniz. A cola usada para aplicação é à base de óleo de mamona, produzida no Brasil, embora o bambu não seja daqui, mas chinês.

Sustentabilidade na decoração é um dos destaques da Expo Revestir 2013
Pastilha de revestimento da Mazza usa em sua composição resíduos de louça sanitária, contribuindo assim com o meio ambiente (Foto: Divulgação)

Pastilhas – Para revestir áreas internas de uma maneira sustentável, a Color Mix comercializa pastilhas feitas com a casca do coco. De acordo com a marca, o material da fruta fica perfeito em salas de estar e também em móveis como a cabeceira de uma cama, por exemplo. A linha da empresa também oferece o revestimento com mosaico de castanha do pará.

A Mazza Cerâmicas também apresenta seu produto na Exposição. Toda a pastilha da empresa é feita com resíduo de louça sanitária, que pode receber esmalte liso brilhante ou fosco. “Quando utilizado esmalte reativo, ele dá nuance nas tonalidades do revestimento”, diz Ana Claudia Mazza, diretora da empresa.

Parede – O revestimento de paredes de ambientes internos pode ser feito em MDF (fibra de madeira reciclada), material que é oferecido no evento pela Decopainel. O produto vem com laminação feita de garrafa PET ou PVC. De acordo com a marca, deve-se evitar aplicá-lo em áreas úmidas como saunas e banheiros, pois o MDF absorve a água e a medida sustentável pode ser danificada.

Tijolo – A Santa Luzia criou uma imitação de tijolo de demolição, o Ecobrick. O material do revestimento é formado por flocos de poliuretano expandido rígido reciclado, poliéster e blenda de isocianatos. O produto é extremamente leve e a marca garante que é muito resistente. Pode ser usado para revestir lareiras, churrasqueiras, paredes internas e externas, fachadas e ambientes úmidos.

O Ecobrick oferece diversas opções de estilos, como os tons areia, areia envelhecido, tijolo, terracota e branco envelhecido, entre outros. O metro quadrado do material custa em torno de R$ 200.

Sustentabilidade na decoração é um dos destaques da Expo Revestir 2013
Color Mix utiliza casca do coco como revestimento

Banheiro – Para o banheiro, a Docol criou o chuveiro DecolTech, que tem cinco opções de banho, sendo quatro memoráveis e uma configurada de fábrica para economizar água e energia. A seleção que visa evitar o desperdício oferece vazão de volume e temperatura controlada. A programação pode ser feita, alterada e escolhida através de um tablete. Esta novidade é um item conceito da marca e deve estar disponível para vendas em 2014.

Plantas – A GreenWall Ceramic apresenta sua solução de sustentabilidade para jardins verticais. Com um sistema feito a partir de módulos de cerâmica, por conta do formato aberto o produto permite que a raiz da planta não fique confinada, como acontece em vasos pequenos. O uso da água é racional para regar a vegetação, já que ela é feita através de gotejamento. Um cano passa pelo verde molhando tudo por igual, sem desperdício e evitando que as flores e folhas morram.

Para mais informações sobre o evento, acesse o site www.exporevestir.com.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.