25/04/2014

Tenha um espaço de trabalho charmoso e organizado por 10 X R$ 150. Assista ao vídeo

Arquitetas dão dicas de como gastar pouco e ter um ambiente ideal para trabalhar e receber clientes

Fonte: ZAP Imóveis

Arquitetas dão dicas para deixar o ambiente mais inspirador para trabalhar e agradável para receber clientes

Um lugar muito bem organizado, iluminado e ainda com as ferramentas necessárias para trabalhar são características importantes de um home office e que estavam perdidas na desordem do ateliê da estilista Cinara. Por isso, o ZAP Imóveis e a arquiteta Adriana Bragotto, que também contou com a colaboração das arquitetas Laurimar Coelho e Mariana Noguera, renovaram o visual deste canto importante da casa gastando apenas 10 X R$ 150*.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Visual do ateliê antes da renovação (Fotos: Rafael Munhoz/ZAP Imóveis)

As profissionais quebraram a cabeça para guardar tudo o que havia no local. Para organizar as roupas, rolos de tecido, livros, revistas e documentos sete prateleiras de 1,50 m X 0,30 m foram fixadas em oito trilhos brancos de um metro, e 28 mãos francesas de mesma cor.

Ambiente ficou mais espaçoso e organizado

 

As novas cores do ambiente foram inspiradas no logo da marca

Além disso, um nicho suspenso foi usado para depositar sobras de tecidos, que podem ainda ter alguma utilidade. Uma das duas araras brancas já existentes foi posta em outra parede do quarto, com a intenção de ampliar o ambiente.

As cores – branca, preta e vermelha – escolhidas pelas profissionais foram inspiradas no logo do ateliê. A peça que contemporizou bem o charme que essas três tonalidades unidas podem oferecer a um ambiente foi a mesa, que teve o tampo revestido com papel adesivo em estampa preto poá e cadeira vermelha

Para finalizar, o cômodo recebeu ainda outros detalhes especiais, como um porta carretel de linhas pintado de vermelho pela arquiteta Adriana, um baú antigo de família que guarda as modelagens da marca, um manequim produzido com uma das peças confeccionada pela boutique, uma antiga máquina de costura e uma samambaia que a Cinara ganhou do marido junto com um par de alianças e um pedido de casamento.

*A verba é estipulada pelo portal.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.